- FAAPA FR - http://www.faapa.info -

Eleição na Federação/Comité Executivo cessante marca novo escrutínio para o dia 30 de Setembro

Bissau,01 Set 20(ANG) – O substituto do presidente cessante da Federação de Futebol da Guiné-Bissau(FFGB), Manuel Nascimento Lopes, vai ser conhecido no Congresso Extraordinário eletivo do órgão, no dia 30 de setembro, segundo as recomendações da FIFA, entidade que dirige o futebol mundial.

A informação consta numa nota que foi distribuída à imprensa esta segunda-feira, 31 de agosto, no final da reunião do Comité Executivo cessante da FFGB, convocado para analisar a crise prevalecente no organismo e a marcação da nova data do pleito eleitoral.

A marcação da nova data das eleições, vem na sequência da decisão da FIFA, que considerou ilegal a assembleia-geral realizada no passado dia 08 de mês em curso, onde o empresário guineense, Fernando Tavares foi eleito presidente da instituição e instou o organismo a organizar o congresso antes do final do mês de setembro do ano em curso.

Em conferência da imprensa na sede do órgão no final da reunião do Comité Executivo, um dos vice-presidentes cessante da instituição, Mama Saliu Baldé, mostrou total abertura do órgão para permitir que o pleito eleitoral tenha lugar na data marcada.

« Estamos com vontade para que o processo corra com total tranquilidade, permitindo que o novo presidente eleito da FFGB venha de forma natural assumir as responsabilidades que lhe foi confiada pelos associados. Mas eu sei que os problemas a volta do futebol nacional vão continuar mesmo com a realização das eleições », argumentou Saliu Baldé.

Baldé fez lembrar aos dirigentes desportivos que a direção cessante não tem intenção de permanecer no cargo e vão respeitar os resultados do Congresso Extraordinário eletivo do dia 30 do próximo mês.

Para além da divergência entre os dirigentes desportivos sobre o processo do congresso eletivo, a própria Comissão Eleitoral foi também afetada devido ao congresso do passado dia 8, que dirigido pelo primeiro vogal, Abdu Mané.

Confrontado com a crise prevalecente na Comissão Eleitoral liderada por Lino Lopes, Saliu Baldé criticou a postura adotada por Mané, mas reconhece que o dirigente desportivo foi eleito durante um congresso e tem legitimidade de continuar a fazer parte da comissão.

Durante a conversa com os jornalistas, « Mister Baldé », como é conhecido o vice-presidente do órgão, abordou vários assuntos, nomeadamente a suspensão do líder cessante Manuel Nascimento Lopes pela FIFA e iniciativa da Sociedade Civil para encontrar solução para crise vigente na instituição.

Segundo apurou a redação da Rádio Jovem, 6 candidatos vão disputar a liderança da FFGB, nomeadamente Fernando Tavares, Benelivio Cabral Nancassa Insali, Mutaro Bari, Antônio Patrocínio, Paulo Mendonça e Caito Teixeira.

A Comissão Eleitoral confirmou a participação de Teixeira, que chegou a manifestar intenção de apoiar a candidatura do presidente cessante, Nascimento Lopes, que agora foi vedado pela FIFA para participar no próximo Congresso Eletivo.

Na deliberação da marcação da nova data das eleições, a direção cessante da FFGB, alertou aos seus associados que a representação no congresso deve ser feita pelo presidente da direção (clubes ou associações desportivas) ou vice-presidente, secretário-geral ou delegado devidamente credenciado pelo presidente junto da FFGB.
O país vive uma situação bastante complexa no que concerne a transição de poder. A cíclica crise política reinante no país parece atingir com gravidade a federação de futebol, que está debaixo de fogo devido a polémica instalada com a realização da eleição