- FAAPA FR - http://www.faapa.info -

Covid-19: Ministério da Saúde apela maior cuidado das pessoas para com os mais idosos

Cidade da Praia, 06 Out (Inforpress) – O director do Serviço de Prevenção e Controle de Doenças do Ministério da Saúde, Jorge Barreto, apelou segunda-feira para maiores cuidados, principalmente no lidar com os mais idosos, por forma a evitar que estes sejam infectados com Covid-19.
“Nós temos estado a verificar que quem morre mais são as pessoas idosas. Nós pensamos que essas pessoas idosas acabam por ficar infectadas e ter covid-19 pela convivência que têm com pessoas mais jovens”, disse Jorge Barreto, que falava na habitual conferência de imprensa do Ministério da Saúde para fazer o ponto de situação da evolução da pandemia em Cabo Verde.
Entende o responsável que, se jovens se querem realmente preservar a saúde e vida dos seus idosos, dos seus avós ou entes queridos, devem ter “muita atenção” no cumprimento das medidas de prevenção que têm sido anunciadas, porque senão, num descuido, numa visita, poderá haver a infecção.
“A pessoa idosa não reage tão bem e pode acontecer de vir a falecer (…)”, observou Jorge Barreto pedindo aos jovens para terem cuidado com as suas atitudes fora da casa dos idosos, porque esse comportamento acaba também por influenciar na infecção ou não.
O País passa conta com 839 infecções activas, 5.524 recuperados, 68 óbitos e 2 transferidos, perfazendo um total acumulado de 6.443 casos positivos.
A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 3.912 mortos nas últimas 24 horas no mundo e 265.562 novos casos, elevando para 1.037.971 as vítimas mortais desde o surgimento da doença em Dezembro, segundo o balanço diário da AFP.
Mais de 35.243.990 casos de infecção foram registados desde o início da pandemia, dos quais 24.354.200 milhões já foram considerados curados, noticiou hoje a agência France-Presse, no seu balanço diário.