- FAAPA FR - http://www.faapa.info -

Culinária /Quarenta e um efectivos das Forças Armadas recebem diplomas de mérito de fim de curso

Bissau, 23 Out 20 (ANG) – Quarenta e um efectivos de diferentes unidades militares da Guiné-Bissau receberam hoje diplomas de mérito de fim de curso de culinária depois de 60 dias de formação patrocinada pelo Estado Maior General das Forças Armadas(EMGFA).

Na cerimónia e em representação do ministro de Defesa Nacional, Malam Camará elogiou a iniciativa do “EMGFA” encorajando-o a promover formação noutros domínios.
“Quero vivamente felicitar a formadora, pelo seu empenho e qualidade demonstrado durante a formação de 60 dias aos seus formandos”, referiu Malam Camâra.

Acrescentou que a área de formação que tem a ver com a alimentação é extremamente importante nas Forças Armadas, tendo em conta o fluxo de pessoas que nela se encontram.

Para o representante do ministro de Defesa, as responsabilidades que estes homens e mulheres desempenham nas suas unidades merecem da parte de chefias miliares um total apoio não só em termos de nutrição mas também noutros domínios.

Malam Camará revelou que a sua tutela está disposto em apoiar acções de género, como forma de ajudar na organização da classe castrense.

Por seu turno, o Vice-Chefe de Estado-maior General das Forças Armadas Mamadu Turé Nkruma revelou que a partir do momento que tomou conhecimento das queixas vindas de diferentes unidades miliares do país sobre a má alimentação, rapidamente colocou a preocupação ao CEMGFA, Biaguê Na Ntan, este por sua vez ordenou a procura de um profissional no domínio de cozinha para efectuar formação aos militares.

Aquele oficial aproveitou a ocasião para apelar aos formandos para porem na prática todo o conhecimento adquirido durante a formação, preparando boa comida nos quarteis.

Em nome dos formandos, Rumeu António Fernandes destacou que a culinária é uma porta aberta para o sucesso, realçando que o momento vivido é uma vitória para todos os formandos.

“Caros colegas recem formados temos agora que saber aproveitar tudo o que a natureza nos oferece em termos de alimento para transformarmos numa boa refeição que irá nutrir as nossas unidades”, disse o porta-voz.

Rumeu Fernandes agradeceu ao Chefe de Estado-maior General das Forças Armadas, Biague Na Ntam e outros oficiais e a formadora do curso, pela paciência mostrada durante 60 dias de formação.