- FAAPA FR - http://www.faapa.info -

Santiago Sul: Futebolistas promovem esta quarta-feira manifestação contra cancelamento do campeonato

Cidade da Praia, 23 Fev (Inforpress) – Um grupo de futebolistas da região desportiva de Santiago Sul promove, esta quarta-feira, 24, na Cidade da Praia, uma manifestação para protestar contra o cancelamento do campeonato regional de futebol da temporada 2020/2021.
Em declarações à Inforpress, o futebolista Rony Tavares, um dos promotores dessa iniciativa, esclareceu que esta manifestação tem como objectivo demonstrar o descontentamento dos futebolistas e sportinguistas e “exigir” a realização da competição.
“Vamos demonstrar o nosso descontentamento e exigir mais respeito pelos futebolistas”, sublinhou Rony Tavares, classificando essa situação como “falta de respeito para os jogadores e com a região desportiva”.
“Estamos a fazer essa manifestação sem apontar dedos e sem procurar nenhum culpado”, frisou Rony Tavares, que, nesta época, transitou do Sporting da Praia para a Académica.
No entanto, este internacional cabo-verdiano ressalvou que a Associação Regional de Santiago Sul não demonstrou interesse em realizar o campeonato, porquanto a Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) garantira assumir todos os custos para a realização da prova.
“Se a associação decidisse em realizar o campeonato, participariam as equipas que demonstrassem disponibilidade. Esta seria a melhor decisão”, apontou.
A concentração está agendada para às 15:00, frente à Igreja Nova Apostólica, na Fazenda, seguida de uma marcha pacífica pelo Platô, Achada Santo António, com término no Estádio da Várzea.
Os clubes de futebol da Associação Regional de Futebol de Santiago Sul (ARFSS) votaram contra a retoma da época desportiva nesta que é a maior região desportiva do País, alegando falta de condições infra-estruturas, financeiras e sanitárias.
A decisão saiu de uma reunião realizada na passada sexta-feira, 12, que contou com a presença de 19 das 22 equipas filiadas, em que 14 clubes votaram contra a retoma da época, quatro se abstiveram e um não se manifestou.