- FAAPA FR - http://www.faapa.info -

SaúdePública/Directores de serviço do HNSM pedem dimissão em bloco

Bissau, 22 Set 21 (ANG) – Oitos Directores de serviços do Hospital Nacional Simão Mendes (HNSM), entregaram terça-feira a Direcção Geral do referido hospital, uma carta de pedido de dimissão das suas funções, devido a requizição de alguns técnicos de Saúde do Hospital Militar para seus postos de serviço e “sem nenhuma informação prévia”.
Segundo a carta entregue à Direcção Geral do Hospital Nacional Simão Mendes (HNSM), à que a ANG teve aceso hoje, os oitos Directores dimissionários são dos Serviços de Urgência, de Orto Traumatologia, de Medicina interna, Serviço de Cirurgia Geral, de Enestesia e Blocos, Cuidados Intensivo, Maternidade e Pediatria.
Alegaram na carta, que desde os primeiros momentos da paralização, estiveram dia e noite no hospital, dando os seus melhores desempenho em termos de atendimento dos pacientes, para mais tarde serem surpriendido com a ocupação dos seus serviços pelos técnicos de Saúde Militares, e sem menhuma informação préveia.

No total, são seis médicos militares, um para o serviço de Cirurgia geral, Urgência, Orto Traumatologio, Cuidados intensivos, Pediatria e Maternidade.

“Nós, enquanto Técnicos de Saúde, continuaremos a dar o nosso melhor para o bem estar dos utentes deste hospital”, garantiram os oito Médicos demissionários.

Segundo o ministro da saúde Pública, Dionísio Cumba, o governo decidiu recrutar médicos militares para garantir assistência à pacientes internados e casos de urgência, num quadro de serviço mínimo de uma paralisação em curso, por tempo indeterminado.