APS SÉCURISATION DES MARCHÉS : UN PROGRAMME D’URGENCE DE 300 MILLIONS AIP Côte d’Ivoire/ Pose de la première pierre d’une nouvelle maternité à Bonon APS UN SPÉCIALISTE RELÈVE UN « MANQUE CRIARD DE CHIRURGIENS-DENTISTES’’ APS L’ISLAMOPHOBIE PRÉOCCUPE LES MOUVEMENTS ET ASSOCIATIONS ISLAMIQUES DU SÉNÉGAL ET L’OCI APS LA CAMIS CONDAMNE LES ATTAQUES MEURTRIÈRES DE DEUX MOSQUÉES EN NOUVELLE-ZÉLANDE APS LE STADE LAT-DIOR OBTIENT  »L’HOMOLOGATION PROVISOIRE » DE LA CAF (OFFICIEL) AIP Côte d’Ivoire/ Un SOS pour l’achèvement de la construction d’une mosquée à Ouangolo APS MAGAL DE PROKHANE : LE COMITÉ D’ORGANISATION SATISFAIT DES DISPOSITIONS PRISES PAR LES SERVICES TECHNIQUES AIB La politique, sujet dominant dans les quotidiens burkinabè STP-Press Primeiro-Ministro preside centenário da OIT em São Tomé e Príncipe

A forma como é tratada a natureza na Brava é “totalmente diferente” da das outras ilhas – Cármen Araújo


Cidade da Praia, 22 Ago (Inforpress) – A apresentadora da Quercus CV, Cármen Araújo, considera que a forma como é tratada a natureza na ilha da Brava é “totalmente” diferente às outras ilhas do país, o que deixa transparecer uma sensação de “ambiente mais preservada” nessa ilha.

Cármen Araújo fez essas considerações em declarações à Inforpress, a propósito de uma equipa da Quercus que se encontra na ilha pela primeira vez, com o objectivo de “entender” quais os problemas ambientais existentes na “ilha das flores” e perspectivar um programa que demonstre essas dificuldades e apresente “possíveis soluções”.

Contudo, foi adiantando que até o momento ainda não identificaram nenhum problema, mas não resistiu de fazer um “desabafo”, sublinhando que “comparando Brava com a Cidade da Praia, a diferença é enorme”.

“Não existe desorganização, fomos verificar os eventuais focos apresentados pelo presidente da câmara municipal e o que encontramos foi uma garrafa ou outra, ou alguma lata, mas nenhum amontoado de lixo”, enfatiza a apresentadora da Quercus.

MC/FP

Dans la même catégorie