AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Les services des eaux et forêts en campagne contre les feux de brousse dans le Poro AIP Côte d’Ivoire-AIP/Inter/ Football: Le Maroc abritera la CAN féminine 2022 AGP Guinée-Politique : Démission officielle du Gouvernement de Dr Ibrahima Kassory Fofana ANGOP MUNDIAL|ANDEBOL: ANGOLA PERDE DIANTE DO QATAR NA ESTREIA GNA Speaker Bagbin condemns unruly parliamentary behaviour APS SÉDHIOU : 42 KILOS DE CHANVRE INDIEN SAISIS À BALMADOU (POLICE) GNA WACCE to empower women against violent extremism GNA NGO supports flood victims in the Upper East Region GNA FDA declares zero tolerance for unregistered products GNA High Court remands man who stabs 19-year-old to death

Agricultura/ Guiné-Bissau prevê bom ano agrícola para 2020


  1 Décembre      12        Société (27311),

   

Bissau,01 Dez 20 (ANG) – O Director dos Serviços Estatísticos do Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural prevê que 2020 seja um bom ano agrícola no país, não obstante as inundações ocorridas  em algumas bolanhas durante a época das chuvas .

Em declarações hoje à Agncia de Notícias da Guiné (ANG) Ildo Afonso Lopes justifica a sua afirmação com os dados de avaliação, a meio percurso, feita pelos técnicos agrícolas dos Ministério da Agricultura dos países da sub-região.

“Os dados de avaliação feitos em outubro  deste  ano apontam para um ano agrícola positivo, mas não muito bom, devido as inundações registadas em algumas bolanhas, atingindo mais a cultura de arroz de mangrof e bafom, com impacto negativo na cultura de mangrof”, explicou  Ildo Lopes.

Disse que o presente ano é menos bom  em comparação com  ano passado, por causa da intensa chuva que provocou inundações em algumas bolanhas.

“Se não fosse por causa das inundações, o actual ano agrícola poderia ser muito positivo, devido aos apoios que os camponeses receberam da parte do governo e que permitiram o aumento da área cultivada”, afirmou.

Instado a falar da situação fito sanitária, o director dos Serviços Estatísticos do Ministério da Agricultura disse que não é muito preocupante, apesar de aparecimento de pragas em algumas bolanhas e que no entanto não causaram grandes danos que poderiam influenciar no rendimento das culturas.

Segundo Ildo Afonso Lopes a Direcção dos Serviços de Proteção Vegetal recebeu apoios em produtos fito sanitários, o que permitiu dar resposta atempada à certas pragas que aparacem em algumas culturas.

Lopes disse que essa intervenção impediu que ataques de pragas prejudicassem o rendimento das culturas de arroz.

Interrogado se o Ministério perspectiva apoiar os familiares cujas culturas foram atingidas pelas inundações, o Director dos Serviços de Estatística revelou estar curso um plano para fazer o levantamento das bolanhas ou seja hetares inundados para poder prestar apoio às famílias, a fim de evitar eventual casos de fome no país.

Dans la même catégorie