ACP Remise du matériel énergétique don du ministre du développement rural aux trois radios communautaire du kwilu. ACP Covid-19 : 149 nouveaux cas confirmés en une seule journée du jeudi, un record depuis juin dernier en RDC ACP 315 personnels médicaux du secteur privé de Kikwit formés sur la prise en charge du paludisme léger. ACP Poursuite de la campagne d’activisme de 16 jours contre la violence faite à la femme et la jeune fille au Tanganyika ACP Clôture de la formation sur « La transformation numérique » à la Compagnie théâtre des intrigants ACP La 3ème édition de l’événement « Yambi city » entend promouvoir l’entrepreneuriat culturel féminin ACP Mwene Ditu : les personnes vivant avec handicap appelées à observer les gestes barrières ACP Une vingtaine des filles formées sur les violences sexuelles en milieu scolaire ACP Plaidoyer pour une collaboration entre les OSCs et les médias dans la lutte contre les VSBG ACP Ituri : le ministre provincial en charge de l’économie et finances attendu dans le territoire d’Aru

Andebol/Mundial 2021: PR considera “fundamental” criar condições para a selecção mostrar seu potencial


  30 Octobre      11        Sport (4633),

   

Cidade da Praia, 30 Out (Inforpress) – O Presidente da República considerou esta quinta-feira “fundamental” criar todas as condições para que a selecção sénior masculina de andebol tenha a possibilidade de mostrar o seu potencial desportivo no Mundial do Egipto’2021 que se realiza em Janeiro.
Jorge Carlos Fonseca deixou estas recomendações depois de inteirar-se do plano de preparação do combinado crioulo para a sua inédita participação de uma modalidade colectiva no mundial, já que recebeu nesta manhã uma delegação constituída pelo ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, e pelos presidentes do Instituto do Desporto e da Juventude, Frederic Mbassa e da Federação de Andebol, Nelson Martins.
O mais alto magistrado da Nação referiu como um “feito muito importante” para Cabo Verde a qualificação para o Mundial e exortou um “grande movimento nacional à volta da selecção”, convicto que o campeonato do mundo possa servir de projecção e visibilidade aos atletas e ao país.
“É muito relevante para um país como Cabo Verde”, realçou Jorge Carlos Fonseca, que prometeu dar todo o seu apoio moral e engajamento que for necessário para que país possa ter a maior prestação.
Neste capítulo, vincou a promessa de acompanhar mais de perto a preparação deste evento e recomendou a todos a acarinhar os atletas, técnico e responsáveis, à semelhança do que foi feito aquando da qualificação da selecção de futebol para o Campeonato Africano das Nações (CAN).
O Presidente da República asseverou ser muito importante que todos os cabo-verdianos, nas ilhas e no estrangeiro, possam estar unidos à volta do combinado crioulo que, pela primeira vez vai estar num campeonato do mundo.
“É uma forma de nós divulgarmos mais e popularizarmos mais numa modalidade como o andebol que em Cabo Verde já teve momentos bons”, explicitou o chefe de Estado recordando nomes de grandes andebolistas de outrora, ao mesmo tempo que ressaltou o facto da modalidade crescer-se nos últimos 10 anos no País.
A selecção de Cabo Verde de andebol masculina vai estrear-se em Janeiro no Mundial de 2021 no Grupo A, constituído ainda pelas equipas nacionais da Alemanha, da Hungria e do Uruguai.
O combinado crioulo afigura-se como uma das 32 selecções apuradas para o maior evento do andebol do mundo e é uma das sete selecções que representa o continente africano.

Dans la même catégorie