MAP Liban : 80.000 enfants déplacés suite aux explosions de Beyrouth (ONU) MAP Zimbabwe : le nombre d’infections au coronavirus a doublé en deux semaines (ONU) MAP Covid-19: feu vert pour les festivals et les évènements culturels au Québec MAP Algérie : Effondrement de trois maisons et fissures dans une trentaine d’autres suite à un séisme à Mila APS DÉCÈS DU KHALIFE DE MÉDINA BAYE : MACKY SALL REÇOIT LES CONDOLÉANCES DE MUHAMMADU BUHARI VIA DES ÉMISSAIRES APS LA BAISSE DE LA CRIMINALITÉ S’EST POURSUIVIE EN JUILLET, SELON LA POLICE APS UN DE SES VOLONTAIRES ACCUSÉ D’ATTOUCHEMENTS SEXUELS, LA CROIX-ROUGE INVOQUE SES EFFORTS ET SON ACTION GNA Management of Bright SHS condemns act of violence GNA WASSCE: GES dismisses 14 students; interdicts three teachers for indiscipline GNA Parliament approves GH¢11.9 billion for government to meet public expenditure

Angola apoia São Tomé e Príncipe a mitigar a crise energética, – Ministro Osvaldo D’Abreu


  10 Décembre      55        Economie (9270),

   

São-Tomé. 10 Dez. (STP-Press) – Uma equipa técnica do ministério de Energia de Angola iniciou esta manhã na capital são-tomense « um estudo de identificação dos principais problemas energéticos » nas centrais térmicas de São-Tomé com vista a « mitigar » a crise de luz elétrica no País, declarou hoje o ministro da tutela, Osvaldo D’Abreu.

Acompanhado de técnicos angolanos de energia, o ministro são-tomense das Obras Públicas, Infraestruturas, Recursos Naturais e Ambiente, Osvaldo D’Abreu fez estas declarações esta manhã durante visita as instalações da Empresa de Agua Elecritidade, EMAE, bem como as centrais térmicas de São-Tomé.

D’Abreu disse que o estudo inicia hoje pela equipa angolana em parceria com os técnicos são-tomenses visa « a identificação dos principais problemas dos grupos existentes [de geradores] bem como  » a possível recuperação a medida do possível e consequentemente a aquisição de novos grupos para suprir a diferença de produção ».

 » Vamos colocar todos os nossos esforços com os nossos parceiros e amigos angolanos …para ver se até a quadra festiva possamos ter mais energia para as nossas populações » – acrescentou Osvaldo D’Abreu.

Estudo iniciado hoje em parceria com técnicos angolanos acontece seis dias depois do primeiro-ministro são-tomense, Jorge Bom Jesus acompanhado de Osvaldo Abreu ter efectuado uma visita surpresa as instalações da EMAE, onde anunciaram um  » Plano B de emergência » para colmatar a crise energética no País.

Tendo considerado  » a situação energética de preocupante », Bom Jesus revelou que para uma exigência de cerca de 20 megawatt, a EMAE tem estado a produzir somente 11 megawatt, tendo por isso, apostado num « Pano B » para uma « solução ainda este ano, pelo menos para quadra festiva » do natal e ano novo.

Fim/RN

Dans la même catégorie