GNA E. African security experts, policymakers urge concerted efforts in conflict resolution GNA U.S. to raise bar for « made in America » products GNA Sudan, South Sudan to address oil flow constraints AGP Matoto-Route : trois jeunes tués dans un accident de la circulation GNA NC cancels meeting with clubs GNA Mother of former Nigeria national football coach kidnapped again by gunmen: police GNA 20 million children fail to receive lifesaving vaccines in 2018: UN APS CAN 2019 : LA DÉFAITE EN MATCH DE POULE EST OUBLIÉE (CAPITAINE) APS PLAIDOYER POUR LA CONSTRUCTION D’UN HÔPITAL DE NIVEAU 2 À VÉLINGARA APS LA QUALIFICATION EN FINALE VA RAPPORTER 1, 4 MILLIARD DE FRANCS AU SÉNÉGAL

Angola e os EUA retomam acordo sobre comércio


  19 Juin      18        Economie (24322),

   

Maputo, 19 de Junho (ANGOP) – O governo norte-americano está a rever o processo do Acordo Quadro sobre Comércio e Investimento com Angola, no âmbito das novas politicas da Administração Donald Trump, apurou a Angop de fonte oficial, em Maputo (Moçambique).

Neste âmbito, representantes dos EUA para o Comércio em África e do Departamento do Comércio da embaixada deste país em Angola e em Moçambique reuniram terça-feira (17), em Maputo, com parte da delegação de Angola que participa na 12ª cimeira empresarial EUA-África, que decorre na capital moçambicana.

No encontro, foram anunciados, pela representante assistente do comércio dos EUA para África, Constance Hamilton, alguns projectos prioritários como energia, comércio e bens agrícolas, entre outros, como parte do novo pacote que vai ser elaborado no âmbito deste acordo existente deste 2009.

Durante a reunião, que por parte de Angola foi representado pelo secretário de Estado da Indústria, Ivan do Prado, as partes acordaram rever o plano de acções deste acordo que foi estabelecido em Janeiro deste ano, cuja resposta ainda é aguardada pelo Governo angolano.

O referido plano, de acordo com o director do gabinete do intercâmbio do comércio, Rui Livramento, contem acções prioritárias em termos de assistência técnica, identificação de projectos para investimento norte-americano em Angola e possibilidade de investimento angolano nos EUA.

Além desse plano, Angola tem ainda por explorar o acordo do AGOA – Lei de Investimento e Oportunidades para África, cujo prazo de validade termina em 2025.
A iniciativa do governo norte-americano prevê a promoção da compatibilidade dos produtos africanos no mercado internacional

Dans la même catégorie