MAP Covid-19 : le président sénégalais appelle au renforcement des contrôles systématiques du port du masque GNA Police beefs up security to protect ballot boxes at Adaklu ANGOP Covid-19 : Angola regista 207 recuperados e 68 novos casos APS THIÈS : ’’ESPACE NDUGU’’, UN PROJET POUR MODERNISER LE PETIT COMMERCE DANS LES QUARTIERS APS HAUSSE DES CAS DE COVID-19 : MACKY SALL DEMANDE LE RENFORCEMENT DES CONTRÔLES SYSTÉMATIQUES DU PORT DU MASQUE AIP La GESTOCI teste son dispositif de sécurité sur ses installations AIP Le nouveau directeur régional de l’Enseignement technique et de la Formation professionnelle veut accompagner les responsables d’établissement AIP le gouvernement burkinabé estime a hauteur de 113 millions d’euros le soutien de l’union européenne AIP Plus de 2200 nouvelles cartes nationales d’identité disponibles à Dimbokro AIP Bientôt des logements pour les agents des Eaux et Forêts à Songon

Angola: EUA doam mais de USD 11 milhões para desminagem


  19 Octobre      15        Société (25538),

   

Luanda, 19 de Outubro (ANGOP) – O Governo dos Estados Unidos da América anunciou nesta segunda-feira (19) a doação adicional de 11,1 milhões de dólares para novos projectos de desminagem humanitária e de gestão de inventário de armamento em Angola.

Segundo uma nota que a ANGOP teve acesso, desde 1995 e com o aumento do financiamento em 2020, os EUA contribuíram, até a data, com mais de 145 milhões de dólares, a esses esforços em Angola, sendo o maior doador bilateral para o processo de desminagem humanitária no país. Apoiam fortemente o objectivo do Governo de limpar em segurança todos os campos minados até 2025.

A embaixadora Nina Fite afirma que “ 25 anos de apoio comprometido dos EUA à desminagem humanitária resultou na destruição de mais de 218 mil minas terrestres e outros engenhos explosivos, bem como na devolução segura de mais de 463 quilómetros quadrados de terra ao povo de Angola”, cita a nota.

O investimento adicional reforça as décadas de uma estreita parceria EUA-Angola que incluirá USD 8,6 milhões em financiamento para apoiar a desminagem humanitária levada a cabo pela ONG HALO Trust (HALO) e para expandir a capacidade operacional da organização Mines Advisory Group (MAG).

Catorze equipas de desminagem desminaram campos classificados como de alta prioridade e antigas áreas de batalha nas províncias do Bié, Cuando Cubango e Moxico, as operações no Cuando Cubango incidirão na bacia do Rio Okavango.

Globalmente, os projectos pretendem devolver ao uso produtivo mais de 4,2 quilómetros quadrados de terra e destruir mais de nove mil e 600 engenhos explosivos, que irão beneficiar a segurança e a protecção de mais de 48 mil angolanos.

Para programas de gestão de inventários de armamento para apoiar a parceria entre as forças de segurança angolanas é financiado USD 2,5 milhões a HALO e a MAG para destruir armas obsoletas, engenhos explosivos e munições, bem como melhorar a segurança física dos depósitos de munições.

Dans la même catégorie