GNA ‘Achisco 92′ Group congratulates Mad. Owusu-Banahene, Bono RM designate GNA Police retrieves stolen coffin from burial service GNA Hunger Project Ghana hands over Epicentre to community AIP Côté d’Ivoire-AIP/ L’ONG Verbatims remet deux infrastructures communautaires réhabilitées à Biankouma-village AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Législatives 2021: Le préfet d’Issia exhorte les acteurs politiques à une campagne apaisée AIP Côte d’Ivoire-AIP/ La fondation Konrad et le RAIDH appellent les populations de Man à la culture de la paix durant les législatives AIP Côte d’Ivoire-AIP/ La société civile et le ministère de l’Intérieur appellent les populations de Man à des législatives apaisées AIP Côte d’Ivoire-AIP/Le « One Stop Center » de Bouaké officiellement ouvert AGP Election à la CAF 2021 : cinq candidats lancés dans la course à la présidence AGP Siguiri/ Administration : Prise de fonction du nouveau secrétaire général

ANGOLA: PR INFORMADO SOBRE INTEGRAÇÃO FÍSICA DA CEEAC


  22 Février      10        Economie (11196),

   

Luanda, 22 de Fevereiro (ANGOP) – O Chefe de Estado angolano, João Lourenço, foi informado, nesta segunda-feira, 22, sobre o plano para a integração física dos países membros da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC).

À saída da audiência que lhe foi concedida por João Lourenço, o presidente da Comissão (órgão executivo) da CEEAC, o embaixador angolano Gilberto Veríssimo, disse que a integração fisíca tem a ver com a ligação por estrada e caminhos de ferro entre os Estados membros da organização.

« É um plano da presidência congolesa » na CEEAC, afirmou Gilberto Veríssimo, adiantando que é neste quadro que está a abordar com os Estados membros o plano de integração física.

Para o diplomata angolano ao serviço da CEEAC, a integração física é uma « grande preocupação » dos líderes da organização, ao mesmo tempo que reconheceu haver dificuldades de comunicação.

No entender de Gilberto Veríssimo, a questão da integração física dos Estados membros da CEEAC passa pela execução efectiva dos planos de desenvolvimento.

« Para que isso seja feito tem que se ter em conta os planos de desenvolvimento de estradas e dos caminhos de ferro de cada um dos países da região », frisou.

Com este propósito Gilberto Veríssimo, que preside a Comissão da CEEAC por um mandato de cinco anos, efectua um périplo pelos países membros da organização, entre os quais Angola.

A CEEAC foi criada em Dezembro de 1981, em Libreville, Gabão, onde tem a sua sede. Tornou-se operacional em 1985 e os seus objectivos passam por promover a cooperação e o desenvolvimento auto-sustentável, com particular ênfase na estabilidade económica e melhoria da qualidade de vida.

Os onze países membros são Angola, Burundi, Camarões, República Centro-Africana, Chade, Congo, Guiné Equatorial, Gabão, São Tomé e Príncipe, República Democrática do Congo e Rwanda.

Dans la même catégorie