GNA Communities discuss land issues towards dry season gardening GNA Voice for Change partnership project launched at Awutu Beraku GNA Celebrate with care—Tema MCE ACAP Lancement samedi à Bangui de l’Académie Centrafricaine de Presse ACAP Le Ministre Félix Moloua lance le 3ème Plan national de développement sanitaire ACAP Une association invite les partenaires de la RCA à soutenir les victimes des violences GNA Greater Accra Girls Education Unit launches GEN Forum GNA Stakeholders in agriculture make inputs towards 2018 budget GNA No illegal strike at Tema Port Expansion Project-NLC

Angola propôs reformas para transformar


  20 Mars      5        Photos (13430), Politique (13024),

   

Bissau, 20 Mar 17 (ANG) – Angola propôs, em Dakar, Senegal, a promoção de programas tendentes ao incentivo e melhoria das condições de vida das populações em África.

A proposta foi feita pelo secretário de Estado da Educação, Narciso Benedito, no âmbito da trienal 2017 de Educação e Formação em África, realizada durante quatro dias na cidade senegalesa de Dakar.

Narciso Benedito apontou a promoção da boa governação para o êxito das reformas.

« Se as reformas não estão a dar os resultados que esperamos, é chegado o momento de mudar de estratégia, de reformar para transformar », afirmou, indicando que o procedimento seguinte deve consistir em reconstruir e não revitalizar os processos em curso para melhoria do sistema de educação em África.

Para o progresso e desenvolvimento que se pretende, alertou para a garantia da efectivação da cooperação sul-sul, mediante o reforço das temáticas prioritárias dos sistemas educativos em curso.

O estabelecimento de um sistema educativo flexível e completo que agilize o desenvolvimento das sociedades deve ser a prioridade, apontou Narciso Benedito, reforçando que os governos devem estabelecer metas e priorizar o financiamento da educação nos seus programas. A formação dos formadores (professores) também deve ser reforçada, como forma de acompanhamento do sistema evolutivo que se pretende.

« As reformas em curso devem ser acompanhadas do reforço da formação e capacitação dos professores para melhor potenciá-los », realçou.

O secretário de Estado fez referência aos vários aspectos abordados durante a trienal, afirmando que estão identificados os problemas de que enferma o sector em África, pelo que a sua resolução passa pela qualidade e competência dos professores. Co-organizado pelo Governo do Senegal, a União Africana e a Associação de Desenvolvimento da Educação, esta edição da trienal teve como tema central « Revitalizar a Educação com vista ao alcance da agenda continental 2063 e da agenda global 2030 ».

O evento juntou decisores e fazedores de políticas de educação e formação, e parceiros de cooperação para o desenvolvimento.

ANG/JA

Dans la même catégorie


[sam id="2" name="pub pight 1" codes="true"]