AIP Côte d’Ivoire-AIP/ COVID-19: Cent quarante-quatre nouveaux cas enregistrés lundi APS MACKY SALL PROMET UNE RÉORIENTATION DES ALLOCATIONS BUDGÉTAIRES EN FAVEUR DE L’EMPLOI APS LE CHEF DE L’ETAT ANNONCE L’ALLÈGEMENT DU COUVRE-FEU À DAKAR ET À THIÈS APS L’ÉDITION 2021 DE LA CAN U17 ANNULÉE (MÉDIAS) APS DES FEMMES LEADERS POLITIQUES ET DE LA SOCIÉTÉ CIVILE POUR UN DIALOGUE CONSTRUCTIF APS HIÈS REÇOIT SA DEUXIÈME DOTATION DE VACCINS ANTI-COVID GNA COVID-19 Vaccination: GHS vaccinates 300,000 people within a week ANGOP COVID-19: ANGOLA DETECTA VARIANTES SUL-AFRICANA E INGLESA ANP Diffa : Forte mobilisation des femmes à la célébration de la journée du 8 mars dans la ville ANP Présidentielle au Niger : Mahamane Ousmane dépose un recours devant la Cour Constitutionnelle

Ano Académico 2020/2021: Governo atribui 1.200 novas bolsas a estudantes universitários no País – ministro


  8 Février      14        Education (4458),

   

Cidade da Praia, 08 Fev (Inforpress) – O Governo vai atribuir 1.200 novas bolsas aos estudantes universitários que frequentam os estudos superiores no País, no ano académico 2020/2021, avançou o ministro da Educação, Amadeu Cruz.
Após a publicação do resultado final do Concurso de Bolsas para Formação Superior no País, ano académico 2020/2021, divulgado na tarde de sábado, 07, o governante anunciou, numa página do ministério na rede social Facebook, que este concurso beneficiou estudantes do ensino superior de instituições públicas e privadas, a nível nacional.
Dos 1.200 beneficiados, segundo a lista divulgada, 22 bolsas foram atribuídas a pessoas com deficiência.
De acordo com a mesma fonte, com mais estas 1.200 bolsas de estudo, o Governo aumentou para 3.600 o total de universitários em Cabo Verde contemplados com bolsas, no presente ano lectivo.
Ainda através desta candidatura, o Ministério da Educação, informou, decidiu contemplar todos os candidatos matriculados no último ano dos cursos de licenciatura com bolsas de estudo, tendo em consideração que muitos dos finalistas têm enfrentado dificuldades na obtenção dos certificados por causa das propinas em dívida.
“Esta decisão, de atribuição de bolsas de estudo a todos os estudantes do 4º ano que se candidataram no âmbito do Concurso Nacional, visa reduzir a necessidade de recurso ao Programa Extraordinário de Apoio à Estudantes com propinas em dívida, que tem sido o mecanismo de apoio aos estudantes com certificados retidos pelas universidades por causa das dívidas”, assegurou o governante.
Até Dezembro de 2020, sintetizou o ministro, o Governo apoiou, através da Fundação Cabo-verdiana de Acção Social Escolar (Ficase), mais de 650 estudantes que tinham propinas em dívida e, por causa disso, tinham os seus certificados retidos pelas universidades.

Dans la même catégorie