AIP Des Ivoiriens de la diaspora s’activent pour la relance économique post – COVID-19 AIP Côte d’Ivoire-AIP/ JIF 2021: Pr Ly Ramata Bakayoko annonce des innovations et invite les femmes à se l’approprier AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Législatives 2021: Le nouveau député de Zuénoula commune salue l’esprit d’apaisement du scrutin Inforpress PERFIL: “Sou agricultora e feliz mesmo que tiver apenas arroz para cozinhar” – Lúcia Monteiro Inforpress São Vicente: “É evidente que a desigualdade social está a aumentar em Cabo Verde” – líder do PAICV Inforpress Manifestações sindicais exigindo o cumprimento das promessas feitas pelo Governo são “partidárias” – MpD GNA Village Savings and Loans scheme empowering rural women in Adansi north GNA Koforidua GPRTU intensifies road safety campaign GNA Ultra-Modern Plaza being built for Essikado APS LE PRÉSIDENT DU NIGER, MAHAMADOU ISSOUFOU, LAURÉAT DU PRIX IBRAHIM 2020

Aprovadas normas técnicas relativas à caracterização de resíduos urbanos


  18 Février      17        Agriculture (1963),

   

Cidade da Praia, 18 Fev (Inforpress) – O Ministério da Agricultura e Ambiente aprovou as normas técnicas relativas à caracterização de resíduos urbanos, designadamente a identificação e quantificação dos resíduos correspondentes à fração caracterizada como reciclável, pelo que os resíduos hospitalares estão excluídos.
Conforme a portaria publicada segunda-feira no Boletim Oficial, excluem-se do âmbito do diploma os resíduos hospitalares sujeitos ao âmbito da Portaria no 53/2011, de 30 de Dezembro, estando sujeitos a legislação especial, excepto os resíduos hospitalares equiparados a urbanos conforme definidos nos termos do diploma.
“O Decreto-lei no 56/2015 de 17 de Outubro, que aprova o novo regime geral aplicável à prevenção, produção e gestão de resíduos e ainda o regime jurídico do licenciamento e concessão das operações de gestão de resíduos, estabeleceu na alínea d) do nº5 do artigo 91 o que a fixação do valor da taxa de gestão de resíduos está indexada ao resultado da caracterização dos resíduos em questão”, lê-se na portaria.
No entanto, apontou a mesma fonte, para este efeito e como para vários outros, não existe ainda norma técnica uniformizada relativamente à metodologia para a dita caracterização.
A portaria visa estabelecer as normas técnicas relativas à caracterização de resíduos urbanos, designadamente a identificação e quantificação dos resíduos correspondentes à fração caracterizada como reciclável, conforme o estabelecido no artigo 91o nº5 alínea d) do decreto-lei no 56/2015, de 17 de Outubro.
De acordo com a portaria, para efeitos da caracterização dos resíduos inseridos no âmbito de aplicação do diploma, sem prejuízo das definições constantes do artigo 4.o do Decreto-lei nº 56/2015, de 17 de Outubro, ou de outras classificações admissíveis segundo as regras da arte, os resíduos caracterizam-se em função da proveniência e em função da perigosidade.

Dans la même catégorie