AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Législatives 2021 : Une campagne sous le signe de la solidarité pour le candidat RHDP de Divo commune AIP Côte-d’Ivoire-AIP/ Une mission de paix du ministère de l’Intérieur à Bongouanou AIP Côte d’Ivoire-AI/ Législatives 2021: Bictogo lance la campagne des candidats RHDP de Bouaké GNA Auto electrician jailed for stealing GNA Managers of PWDs debunk alleged misappropriation of funds GNA Bibiani MCE distributes PPEs to traders AIP Côte d’Ivoire- AIP/ Législative 2021 : Le député sortant relève la nécessité pour le RHDP de conserver le poste de Ouragahio AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Les comités de veille de la cohésion sociale proposent un pacte de non-agression entre communautés du Gôh AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Législatives 2021: La candidate de EDS appelle à un vote utile à Aboisso sous-préfecture AIP Côte d’Ivoire AIP/ Législatives 2021: La liste RHDP de Grand-Bassam officiellement présentée aux populations

Atribuição de Carteira Profissional/SINJOTECS preocupado com “desinteresse” do Conselho Nacional de Comunicação Social


  4 Février      14        Médias (1635),

   

Bissau, 04 Fev 21 (ANG) – O Secretário Geral de Sindicato dos Jornalistas e Técnicos de Comunicação Social (SINJOTECS), disse hoje estar preocupado com o desinteresse do Conselho Nacional de Comunicação Social (CNCS) no processo de criação e de funcionamento da Comissão de Atribuição de Carteira Profissional aos Jornalistas.

Numa entrevista exclusiva à ANG, o Secretário Geral do SINJOTECS, mostrou-se confiante no processo final de adoção do referido documento, e disse ser pertinente partilhar os seus conteúdos para melhor concepção e cumprimento dos seus ditâmes no seio dos jornalistas, logo após a sua promulgação pelo Presidente República.
« Só terá acesso a Carteira Profissional, os jornalistas que reúnem condições exigidas na Lei de atribuição de Carteira profissional, que destaca o nível mínimo décimo segundo ano de escolaridade, com um histórico profissional de referência e uma conduta ético-moral aceitável » disse Diamantino Lopes.

Segundo Lopes, o problema não reside na atribuição da Carteira, mas sim na manutenção desta pelo Jornalista, que vai ser rigorosamente obrigado a prestar um nível de profissionalismo que respeitará todas as normas exigidas pela comissão que vai gerir a atribuição, fiscalização e cassação da Carteira Profissional.

Por outro lado, o Secretário Geral de SINJOTECS disse que o Sinjotecs está a observar de perto o processo de concurso interno nos órgãos públicos de comunicação social, e inclusive participou na elaboração do Termo de Referência e vai continuar a fiscalização do cumprimento deste documento que define o perfil dos concorrentes, a cronograma e as regras do concurso.

Questionado sobre o projeto de Estatuto Remuneratório dos Jornalistas e Técnicos de Orgãos Públicos, elaborado pelo sindicato de Base do mesmo, este responsável lamentou a falta de comunicação, mas disse concordar com esta proposta à que teve acesso através de terceiros.

Salientou que o SINJOTECS já submeteu quase o mesmo documento ao Governo, desde 2018, mas que não teve uma resposta até então, e que espera que desta vez seja efetivamente aprovado.

O Secretário Geral de SINJOTECS anunciou para breve a entrega oficial do lote de terreno para a construção conjunta de futuras instalações de CNCS, SINJOTECS e da Ordem dos Jornalistas.

Dans la même catégorie