AIP Les cours se déroulent normalement à Toulepleu GNA GAEC inaugurates Technical Staff Association GNA Population and Housing Census to begin in April 2021 GNA Confluent Media calls for public cooperation on upcoming SDG peace survey GNA Media should be responsible in crises reporting – Oppong Nkrumah APS LE COÛT DE CONSTRUCTION DES LOGEMENTS NEUFS EN HAUSSE DE 0, 5 % AU 2E TRIMESTRE APS DES AGROPOLES POUR DÉCONCENTRER LE TISSU INDUSTRIEL ANGOP Covid-19: Angola regista 265 recuperações e 244 novos casos ANGOP Covid-19 força confinamento de mais de 13 milhões de alunos – PR MAP Burkina/présidentielle: le fichier électoral est « fiable » (experts)

Autárquicas 2020: Campanha eleitoral arranca com 65 candidaturas às 22 câmaras municipais do País


  9 Octobre      8        Politique (12146),

   

Cidade da Praia, 09 Out (Inforpress) – A campanha para as eleições de 25 de Outubro arrancou, com 65 candidaturas a disputarem a presidência das câmaras e das assembleias municipais dos 22 concelhos do País, sob regras restritas para evitar a propagação da covid-19.
Quatro forças políticas e 12 grupos de cidadãos (o maior número, desde sempre, na história do poder local cabo-verdiano), concorrem para essas oitavas eleições municipais de Cabo Verde com base nos mais diferenciados projectos, programas e ambições.
Entretanto, apenas o Movimento para a Democracia (MpD, partido no poder) e o Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, maior partido da oposição), apresentam listas em todas os municípios do arquipélago.
A União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) concorre em sete municípios, o Partido Popular (PP) aposta apenas na assembleia municipal da ilha da Boa Vista e tem uma lista para a câmara e assembleia da Praia, sendo este o município com o maior número de concorrentes (oito).
Estas oitavas eleições autárquicas acontecem num contexto de 6.624 casos confirmados de covid-19 diagnosticados desde 19 de Março e 71 óbitos.
As autoridades competentes em ambiente de epidemia e em cenário eleitoral têm-se limitado a dar orientações e a emitir recomendações, uma vez que não podem impor restrições de ordem constitucional que caberiam, em exclusivo, à Assembleia Nacional.
Neste sentido, para evitar a propagação do novo coronavírus, a campanha eleitoral norteia-se por um código de conduta absorvido pelos partidos políticos e pelos grupos independentes, conforme a presidente da CNE, Maria do Rosário Pereira.

Dans la même catégorie