MAP Burkina Faso: les deux enseignants kidnappés le 11 mars retrouvés morts AIP La Côte d’Ivoire en lice pour la Coupe d’Afrique de la Boulangerie à Casablanca MAP Nairobi parmi les métropoles les plus chères pour les expatriés (Economist Intelligence Unit) AIP Côte d’Ivoire/ La police de Bondoukou instruite sur les documents de commercialisation de la noix de cajou AIP Côte d’Ivoire/ Le dialogue, la seule issue pour arriver à la paix (Raffarin) MAP Tunisie: Trois terroristes tués dans le centre-ouest du pays (autorités) LINA Liberia: Senate Commits To Addressing Health Constraints Via Budgetary Allotments LINA Liberia Embraces IMF Capacity Development APS SENEGAL: 30 MILLIONS CFA DE LA MAIRIE AUX FEMMES DE TOUBACOUTA APS FÉMINISME: UN COMBAT « EN BERNE’’ AU SÉNÉGAL, SELON MARIE-ANGÉLIQUE SAVANÉ

BAD doa 50 milhões de euros para construção da estrada Boke/Quebo


  12 Octobre      24        Economie (22816), Finance (3730), Photos (20630),

   

Bissau,12 Out 18(ANG) – O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) anunciou hoje que vai disponibilizar 50 milhões de euros à Guiné-Conacri e à Guiné-Bissau para o lançamento da primeira fase de construção da estrada Boké/ Québo.

« Os governos da Guiné-Bissau e da Guiné-Conacri vão beneficiar de 50 milhões de euros em doações e financiamento de empréstimos para a primeira fase do projeto de desenvolvimento da estrada Boke-Quebo, corredor rodoviário entre Conacri e Bissau », lê-se num comunicado disponível no site desta instituição multilateral de desenvolvimento.

O comunicado acrescenta que o projeto, no total de 117,19 milhões de euros, envolve um financiamento de 30 milhões de euros da União Europeia, sendo que para a primeira fase o total do custo ronda os 80 milhões de euros.

« É nesta perspetiva que o Conselho de Administração do BAD aprovou para a Guiné-Conacri uma subvenção do Fundo de Assistência Técnica (TAF) de 4,07 milhões de euros; uma doação do Fundo Africano de Desenvolvimento (ADF) de 20,49 milhões de euros e um empréstimo do ADF de 6,06 milhões de euros. Na Guiné-Bissau, o Conselho de Administração do BAD aprovou uma doação TAF de 1,78 milhões de euros e uma subvenção de ADF de 16,77 milhões », escrevem os técnicos do Banco.

Além destes montantes, o BAD destaca também que a Guiné-Bissau receberá, através da Facilidade de Investimento para a África (FIAF), duas doações, uma de 20,38 milhões e outra de 9,62 milhões de euros.

« A estrada Boke-Quebo é muito importante para ambos os países, e faz parte do corredor rodoviário transafricano entre Dakar e Lagos », disse o diretor-geral adjunto para a África Ocidental, Serge Marie N’Guessan, citado no comunicado.

O Banco espera, com estes apoios, aumentar o comércio entre os dois países, de cerca de 60 toneladas de mercadoria para 2 mil toneladas até 2025, reduzir o tempo de viagem e criar empregos diretos em três anos de construção deste projeto.

Em dezembro, uma missão do BAD manteve encontros em Bissau com as autoridades guineenses, incluindo o primeiro-ministro, Umaro Sissoco Embaló, e o chefe de Estado, José Mário Vaz.

Desde o início da cooperação entre a Guiné-Bissau e aquela instituição financeira, em 1976, já foram aprovadas 56 operações num montante de cerca de 200 mil milhões de francos cfa (cerca de 304 milhões de euros).

ANG/LUSA

Dans la même catégorie