GNA GNCCI establishes credit union to support businesses GNA Ghanaians are appreciative of President Akufo-Addo’s achievements- CVM GNA New National decentralisation policy and strategy to promote downward accountability and economic development GNA NADMO, police probe death of Ghanaian juvenile players AIP Côte d’Ivoire –AIP/Des journées de valorisation de l’agriculture pour faire revivre la coupe nationale du progrès (Présidente AVA) AIP Côte d’Ivoire –AIP/ Le ministre de l’Agriculture rend hommage aux producteurs de Côte d’Ivoire AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Des kits scolaires offerts une école franco-arabe à Grand-Bassam APS FILIÈRE MIL : LE SUCCÈS D’UNE ASSOCIATION SÉNÉGALAISE INSPIRE D’AUTRES PAYS APS MACKY SALL INVITE LE SECTEUR PRIVÉ À INVESTIR DANS LA FILIÈRE LAIT APS KAFFRINE : MAYACINE CAMARA PROMET DE DISTRIBUER 15.000 MASQUES POUR LA VISITE DE MACKY SALL

Cabo Verde com estoque de medicamentos para doentes do VIH/Sida garantido até final de 2020 – responsável


  9 Juillet      12        Société (22831),

   

Cidade da Praia, 09 Jul (Inforpress) – A secretária executiva do Comité de Coordenação do Combate a Sida (CCS/Sida), Celina Ferreira, afirmou hoje, que Cabo Verde tem um estoque garantido de medicamentos para doentes do VIH/Sida até o final de 2020.
Em declarações à Inforpress, para falar da situação do país quanto ao estoque de medicamentos para doentes do VIH/Sida, visto que a nível mundial se tem deparado com falta devido a situação da pandemia da covid-19, Celina Ferreira avançou que o arquipélago “bem cedo” começou a fazer encomendas, pelo que não vai ter preocupação de género até início de 2021.
“Nós temos encomendas para chegar no mês de Agosto e temos nas Alfandegas lotes de medicamentos para serem retirados. O nosso estoque dá para garantir tratamento a todos os pacientes sem nenhuma ameaça de ruptura”, garantiu.
A secretaria executiva do CCS/Sida avançou que para 2021 a encomenda é feita através do novo pedido de financiamento, solicitação que é feita sempre no mês de Outubro.
Apesar disso, Celina Ferreira manifestou preocupação caso a pandemia do novo coronavírus continue a dificultar e a levar a que a produção de antirretroviral diminua a nível mundial, pondo em causa o tratamento das pessoas com HIV/Sida.
Neste momento, em Cabo Verde estão em tratamento 2.368 pessoas, das quais 89 são crianças de menos de 15 anos e 87 grávidas.
Estudo do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), divulgado no mês de Junho, mostra que o impacto causado pela covid-19 na produção e logística pode ter um efeito significativo no fornecimento de terapia antirretroviral em todo o mundo.
A pesquisa do UNAIDS descobriu que os bloqueios e encerramento de fronteiras impostos para interromper a covid-19 estão afectando a produção de medicamentos e sua distribuição, levando a aumentos de custos e problemas de suprimento, incluindo falta de estoque.
Cabo Verde é pioneiro, a nível dos países da África, na introdução do tratamento denominado TLD, um medicamento mais eficaz do que os existentes, nos afectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV).
O tratamento TLD, no país cobre uma média de 2.600 pessoas, sendo a maioria de sexo feminino, sendo o concelho da Praia com maior número de infectados em tratamento, ou seja, 80%.
PC/CP
Inforpress/Fim

Dans la même catégorie