ACP Neuf  nouveaux cas confirmés de  maladie à virus Ebola enregistrés lundi  au Nord-Est de la RDC GNA Suzuki plans production plant for Ghana GNA Financial sector needs professionals with integrity- Osei Gyasi GNA Ghana, Guinea to sign cooperation agreement on bauxite development ACP Ouverture de la 31ème session de l’IDAK à Lubumbashi ACP Réunion du comité de pilotage du projet PADIR prévue le 22 mars 2019 ACP M. Laya Sinsu désigné directeur général ad intérim à la SCTP GNA Armed Forces inaugurate Multipurpose Hall in Kumasi GNA Opanka The underrated rap gem GNA Footballer, driver’s mate remanded for robbery

Cai o pano sobre o AtlanticMusic Expo para dar lugar ao Kriol Jazz Fesival


  20 Avril      40        Arts & Cultures (2406), Musique (447), Photos (20630),

   

Cidade da Praia, 20 Abr (Inforpress) – O AtlanticMusic Expo (AME) terminou esta quinta-feira, 19, na Praia, depois de quatro dias de conferências, mercados showcases e workshops a volta da música, dando lugar ao Kriol Jazz Festival (KJF) até 21 de Abril.
A maior feira da música transatlântica foi encerrada com um espectáculo na Praça Luís de Camões, no Platô, com actuações de Romeu di Lurdes, SofianeSaidi e Mazalda, Cris da Lomba e Afroditonix, tendo entre os assistentes, o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, da primeira-dama, Lígia Fonseca, e o presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Óscar Santos.
O balanço da organização do evento, que já vai na sua sexta edição, este ano promovido pela Associação Cabo Verde Cultural, liderado por Augusto Veiga, depois da saída do Ministério da Cultura da organização, e que reuniu Cidade da Praia cerca de 250 artistas e 350 delegados, vindos de quase 40 países, foi positivo, prometendo mais para o próximo ano.
Em relação à 10ª edição do Kriol Jazz Festival (KJF), Djô da Silva, da produtora Harmonia, que organiza o evento, em parceria com a CMP, mostrou-se satisfeito com a abertura do certame que teve no palco dois grupos musicais homenageados, ou seja, Os Tubarões e Os Bulimundo.
“A abertura foi muito boa. Nada melhor do que ter Os Tubarões e Os Bulimundo na abertura, que são duas grandes bandas. O lugar está cheio, com muito público e um bom ambiente”, afirmou em declarações à Inforpress, tendo prespectivado “grandes shows”, já que as próximas duas noites já estão esgotadas, esperando que “musicalmente” tudo possa correr bem.
DR/JMV
Inforpress/Fim

Dans la même catégorie