ANP Permettre aux pays pauvres d’accéder aux futurs vaccins contre la Covid 19 AGP Boké-Société ; Des vivres et de matériels de construction aux populations du village Kotobolia. AGP Dubréka/Education : Les résultats de 2020 jugés satisfaisants d’après la DPE. AGP Boké-Politique: La marche du FNDC étouffée AGP Labé : lancement de la campagne électorale du RPG Arc en Ciel sous fond de tension. ANG Cooperação/Presidente do Níger realiza visita de trabalho a Bissau ANG Saúde Pública/Durão Barroso nomeado presidente da Aliança Global para as Vacinas ANG Novo ano letivo / Alunos vão as aulas aos sábados ANG EUA-Eleições/ Joe Biden diz a Trump que se cale em debate conflituoso ANG Covid-19/UE sensibiliza Governo para economia ecológica

Candidato Benelívio Nancassa diz ser inadiável o escrutínio no sábado


  5 Août      17        Politique (11478),

   

Bissau – O candidato à Presidente da Federação Fu tebol da Guiné-Bissau (FFGB) afirmou que a data marcada para a realização das eleições naquela organização , no próximo dia 8 do corrente mês, é inadiável porque o Comité Executivo já é extemporâneo desde Janeiro de 2020.

Benelivio Insali Nancassa Cabral falava em entrevista hoje à ANG ,através da qual reagiu ao comunicado emitido pelo Comité Executivo da direcção cessante da FFGB, que marcou a realização de uma Assembleia geral Extraordinária da instituição para o próximo dia 7 de Novembro e na qual será marcada uma nova data para o escrutínio.

Disse que não tem cabimento um Comité Executivo pronunciar sobre adiamento da eleição uma vez que existe uma Comissão Eleitoral escolhida pelos associados, no dia 20 de Junho e que já está no processo de votação .

« A eleição na FFGB que devia acontecer no passado dia 25 e Julho foi adiada, devido a falta de espaço e segurança como dizia o Presidente da Comissão eleitoral Lino Lopes aos nossos mandatários e que também já marcaram a data de 8 de Agosto no próximo Sábado para ida às urnas na organização”, explicou Benelívio Nancassa.

Adiantou que, o que lhes resta agora é fazer trabalho de base, como foi o consenso chegado com os cinco candidatos à presidência da FFGB e que já estão a entabular contactos para aluguer de um espaço num dos hotéis para a realização do evento com avaliação do Alto Comissariado para Covid-19.

Disse que já emitiram uma carta de informação à Presidência da República, Assembleia Nacional Popular(ANP), Primatura e Procuradoria Geral da República , explicando o perigo que existe face a situação de sanção da FIFA contra o presidente cessante da Federação, Manuel Irénio Nascimento Lopes(Manelinho).

« Para nós, não é uma preocupação esta nota do ex. Comité Executivo da FFGB porque são pessoas que não têm a responsabilidade perante o país,ou seja é um ciclo de três pessoas que estão a adiar o sonho de um país”, explicou.

Aquele responsável sublinhou que estão em restrição e que durante oito anos não fizeram nada e que agora querem conduzir o país para fora de competições internacional como aconteceu em 2014.

Disse ainda que, o país não vai ficar sob essa brincadeira pelo que cada um vai responder pelos seus actos e deixou uma mensagem aos presidentes de clubes e delegados de que a Federação não é nada sem clubes.

Em comunicado, o Comité Executivo da direcção cessante da FFGB convocou para 07 de Novembro uma assembleia extraordinária, na qual deverá ser marcada uma nova data para a eleição do presidente da FFGB.

Nas vésperas de eleições no passado 25 de Julho, a FIFA anunciou a suspensão, por 10 anos, de Manelinho, de todas as actividades desportivas, por envolvimento num acto considerado pelo Comité de Ética da FIFA de “falha grave” na protecção de um indivíduo vitima de ataque em massa, tornado público nas redes sociais.

Dans la même catégorie