AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Une milice veut faire de Dabou sa base arrière (Gendarmerie) AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Présidentielle 2020: Le préfet se félicite du climat de paix à Adzopé AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Des rues de Danané transformées en carrières de sable en période de pluie GNA Healthy Food Africa project to produce additional 91,000 mt of fish GNA Tema West Education Directorate organizes breast screening for Teachers GNA EC to receive nominations for Yapei/Kusawgu Constituency GNA COMBATs must change narrative on gender-based violence GNA Hearts of Oak appoints Portuguese as Technical Director AIP Côte d’Ivoire-AIP/Présidentielle 2020 : Alassane Ouattara, un «expert en développement » selon Alcide Djédjé MAP La République du Burkina Faso ouvre un consulat général à Dakhla

CEEAC prepara ajuda técnica a Angola contra Covid-19


  7 Octobre      12        Santé (7766),

   

Luanda, 07 de Outubro (ANGOP) – A Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) prepara o envio a Angola de uma unidade de epidemiologistas, para entender, junto do Ministério da Saúde, a situação da Covid-19 no país.

A informação foi confirmada terça-feira, 06, em Luanda, pelo presidente da Comissão da CEEAC, Gilberto da Piedade Veríssimo, à saída de uma audiência que lhe foi concedida pelo Chefe de Estado angolano, João Lourenço.

« Temos uma situação particular. É o facto de na região Angola ser neste momento o único país que tem um crescimento de casos da Covid-19 e também de mortes pela doença », observou o angolano Gilberto Veríssimo, ao notar que outros países da região já têm, praticamente, a situação estabilizada.

Segundo o presidente da Comissão da CEEAC, a intenção é ajudar Angola a entender o que se passa « e, se calhar, um olhar de fora pode ajudar a perceber algumas coisas que eventualmente não terão sido vistas ».

Em funções na Comissão da CEEAC desde Agosto último, o diplomata angolano afirmou que o assunto foi apresentado na audiência com o Presidente João Lourenço, que agradeceu e autorizou que se faça diligências neste sentido.

Em declarações à imprensa, Gilberto da Piedade Veríssimo especificou que a CEEAC tem uma unidade de epidemiologistas que trabalhou na África Ocidental aquando da situação do vírus do ébola naquela região.

Acrescentou que a referida unidade foi colocada à disposição da organização pelo Banco Mundial.

A CEEAC é integrada, além de Angola, pelo Burundi, Camarões, Chade, Gabão, Guiné Equatorial, República Centro Africana, República do Congo, República Democrática do Congo, Ruanda e São Tomé e Príncipe.

Dans la même catégorie