ABP Plus d’un million de francs CFA offerts pour la réalisation d’un ouvrage de franchissement dans la ville de Djougou ABP Le Mouvement « le Réveil » réitère son soutien au PAG de Patrice Talon ABP Les enfants de zéro à quatorze ans du Couffo bientôt vaccinés contre la rougeole et la rubéole MAP Le Groupe BMCE Bank Of Africa lance officiellement sa nouvelle filiale OGS AGP Gabon: L’US approuve la reconduction de Moukagni Iwangou au gouvernement AIP Côte d’Ivoire / Des ouvrages scolaires offerts au collège moderne de Dembasso AIP Côte d’Ivoire/ Les résultats du championnat national de volleyball AIP Côte d’Ivoire/ Des paysans veulent réduire les feux de brousse à Oumé ATOP LA JEUNE CHAMBRE INTERNATIONALE /SECTION TOGO A EFFECTUE SA RENTREE SOLENNELLE ATOP APPUI AUX FEMMES ENTREPRENEURES AFRICAINES : LE PROJET « PLATEFORME 50 MILLIONS DE FEMMES AFRICAINES ONT LA PAROLE » LANCE

Central elétrica de Bissau vai receber novos grupos de geradores


  16 Novembre      62        Science (527),

   

Bissau, 16 Nov 2017 (ANG) – A central electrica de Bissau vai receber novos grupos de geradores adquiridos com financiamento do Banco Árabe para Desenvolvimento de África(BADEA).

Foto Arquivo

A revelação foi feita hoje pelo ministro da Energia e Industria, Florentino Mendes Pereira, na cerimônia de lançamento da pedra para a construção de nova central elétrica em Bôr, sector de Prábis, da região de Biombo.

Mendes Pereira adiantou que no próximo dia 17 de Dezembro, o governo vai proceder a abertura das propostas do concurso público internacional para o efeito e que os referidos grupos de geradores termoelétrico terão a capacidade de produção de mais de 22 megawatts.

Referindo a central elétrica de Bôr disse que terá a capacidade de produção de 15 megawatts, repartida por três grupos geradores de cinco megawatts cada, os quais serão alimentados à fuel pesado .

Florentino Mendes Pereira detalhou que os seus motores funcionam a uma velocidade de 500 rotações por minuto, cerca de metade de motores convencionais, o que permite obter maior rendimento de combustível.

O governante disse que isso permite ainda o menor desgaste de equipamento e consequentemente uma maior durabilidade de investimento realizado no valor de 22 mil milhões de francos CFA.

« Ao mesmo tempo vamos dar início a construção da rede de evacuação que permitirá fazer chegar a energia às redes de distribuição incluindo a construção de dois postos de transformação essenciais para melhorar a qualidade de eletricidade, estabilizando a corrente e erradicando os picos pontuais de tensão », explicou.

O ministro de Estado da Energia informou que os trabalhos da execução das obras foram articulados entre as empresas vencedoras e que funcionarão como um consórcio de forma a garantir um resultado integrado e funcional.

« Ambos os contratos foram atribuídos através do concurso público internacional cujos termos de referência resultam das especificações técnicas formuladas por uma equipa da Empresa de Eletricidade e Águas da Guiné-Bissau e do Ministério da Energia, especialmente criadas para definir as orientações estratégicas de um plano de melhoria de abastecimento da capital em energia elétrica para um período de 17 meses », explicou.

Florentino Mendes Pereira sublinhou que o Governo tem a consciência dos problemas que têm afetado o fornecimento da energia eléctrica, mas garante que não poupa esforços para minimizar a situação.

« Nesta base temos mobilizado várias iniciativas e já temos os meios, e os trabalhos já estão em curso para reforçar a produção, distribuição e comercialização da energia », referiu.

ANG/ÂC/SG

Dans la même catégorie