INFORPRESS Cabo Verde terá ainda este ano a lei do cinema – ministro da Cultura INFORPRESS ATD-CV promove conversa aberta para comemorar Dia Internacional do Trabalho Doméstico INFORPRESS REPORTAGEM/Brava: Vinagre – um “paraíso” que se for restaurado e recuperado poderia ser um chamariz para antigos moradores INFORPRESS São Vicente: Presidente da câmara de Roterdão insta cabo-verdianos a serem “activos” na Holanda e tomarem parte nas decisões INFORPRESS Futebol: CAN´2021: Rui Águas acha “estranho” Cabo Verde estar no grupo do país organizador da fase final INFORPRESS Oficiais da PN, PJ e Guarda Costeira capacitam-se em análise de riscos em fronteiras contra o tráfico de seres humanos INFORPRESS Governo nega qualquer interferência para beneficiar ou prejudicar concorrentes no concurso de transportes marítimos inter-ilhas MAP Bulletin quotidien d’informations économiques africaines MAP Revue de la Presse Quotidienne Internationale Africaine (RPQI-Afrique) ANP Atelier de restitution des résultats du diagnostic participatif auprès des services techniques et partenaires

Cidade da Praia acolhe primeira edição do projecto “Residência Artística- Sons da Lusofonia”


  9 Avril      70        Arts & Cultures (2595), Musique (497), Photos (21287),

   

Cidade da Praia, 09 Abr (Inforpress) – A Cidade da Praia acolhe de 13 a 22 deste mês, a primeira edição do projeto Residência Artística- Sons da Lusofonia, que conta com a curadoria do músico angolano Yami Aloelela.
O certame visa promover intercâmbio cultural, troca de experiências artísticas, diálogo e debate sobre música.
Durante o certame, segundo nota de imprensa, irão decorrer um conjunto de actividades a nível do artesanato, pintura, literatura, responsabilidade social, através de pequenos concertos, conferências, workshops, degustações e exposições.
Consta ainda, do programa de actividades do projecto “Residência Artística” exposições de artesanato, pintura e fotografia, workshops para abordar temas ligados ao “Direitos do Autor”, “Livre circulação da cultura no espaço CPLP”, “Patrimónios da lusofonia e da humanidade”, entre outros.
A “Residência Artística” será um espaço vivo, num ambiente particular e intimista, com uma programação alternativa, multidisciplinar e original onde a lusofonia se reúne.
PC/CP

Dans la même catégorie