AIP Côte d’Ivoire-AIP/ COVID-19: L’OMS remet du matériel roulant à des équipes de terrain AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le Prix des cinq continents 2020 attribué à Beata Umubyeyi Mairesse pour son livre « Tous tes enfants dispersés » AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le premier préfet du département de Gohitafla présenté aux populations AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Un festival culturel pour la cohésion sociale organisé à Taï AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le district sanitaire de Bouaflé peaufine son plan de communication pour réussir la campagne de distribution des MILDA AIP Côte d’Ivoire-AIP/ 127 apprenants de six pays en formation aux métiers de la sécurité sociale à Abidjan AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Des producteurs d’Aboisso grognent contre le prix d’achat du palmier à huile AIP Côte d’Ivoire-AIP/ ICRAF dote le CNRA et l’ANADER de véhicules AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Des pisciculteurs en atelier de formation à Gagnoa AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Le BURIDA sensibilise sur les droits d’auteurs et droits voisins à Soubré

Comissão Nacional da Unesco inaugura projecto vencedor do concurso “Labirinto do Género”


  9 Décembre      16        Politique (14474), Société (27909),

   

Cidade da Praia, 09 Dez (Inforpress) – A Comissão Nacional da Unesco inaugurou hoje na Praça Alexandre Albuquerque, no Platô, o projecto vencedor do concurso “Labirinto do Género” que visa abordar a questão da desigualdade de género de uma forma inovadora.
O projecto vencedor, que recebeu um prémio de investigação no valor de 45 mil escudos, coube aos estudantes da área de engenharia, arquitectura, designer e comunicação da Universidade Jean Piaget de Cabo Verde e da Universidade de Cabo Verde.
A equipa é constituída por Paulo Duarte, Igor Monteiro, Jacira Gonçalves, Hamilton Correia e Leila Monteiro.
Segundo a presidente executiva da CNU, Carla Palavra, que inaugurou, conjuntamente com o ministro da Cultura, Abraão Vicente, a estrutura vencedora, disse que através deste concurso quiseram trazer para a mesa de debate a questão de desigualdade de género de uma forma inovadora e engajando os jovens neste combate.
Este concurso, lançado em Agosto, visava desafiar os jovens universitários a criarem uma estrutura artística com o propósito de chamar a atenção das comunidades e das autoridades sobre os impactos sociais, económicos, psicológicos da pandemia da covid-19.
Um dos critérios para a elaboração deste projecto, explicou, passava por respeitarem a mobilidade
Sendo assim, este trabalho, que representa simbolicamente um labirinto de género, das desigualdades, das dificuldades das pessoas no acesso ao mercado de trabalho, a educação, vai passar para outros municípios do País.
“Pretendemos tirar o projecto do centro urbano e levar a outros municípios para que outras pessoas possam transitar por este labirinto e possam recolher informação sobre o estado, os dados estatísticos e os estudos que nos mostram como é que está a questão da desigualdade de género em Cabo Verde e tirar algumas aprendizagens”, disse, ajuntando que é uma forma de “provocar as pessoas, provocar reflexões e quebrar alguns paradigmas”.
Em nome da equipa vencedora, Jacira Gonçalves explicou que com este trabalho arquitectónico, conseguiram mostrar os olhares dos homens e das mulheres sobre as temáticas de violência, acesso à educação, sexualidade, acesso ao mercado de trabalho e protecção cívica.
Foi ainda retratado através de cordas, com base nos dados do Instituto Nacional de Estatísticas e da Polícia Nacional, dados de violência baseada no género, dados sobre agressão sexual e dados sobre acesso ao ensino no País.
A equipa que ficou em segundo lugar recebe o montante de 35 mil escudos e o terceiro classificado recebe um valor de 25 mil escudos para investigação.
Este concurso foi lançado pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através da Comissão Nacional de Cabo Verde para a Unesco, em parceria com o Ministério da Educação, o Fundo das Nações Unidas para as Populações, Instituto Camões, Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade de Género, Centro de Investigação e Formação em género e família da Universidade de Cabo Verde e a Universidade Jean Piaget.

Dans la même catégorie