APS JOSEPH KOTO SE VERRAIT PLUS À LA TÊTE D’UNE ÉQUIPE NATIONALE QUE D’UN CLUB APS COVID-19 : DAKAR ET THIÈS RESTENT SOUS COUVRE-FEU POUR HUIT JOURS SUPPLÉMENTAIRES APS RÉFRACTAIRE AU TRAFIC D’INFLUENCE, MARÈME FAYE SALL POUR DES SOLLICITATIONS DIRECTES APS JOSEPH KOTO : ‘’C’EST DIFFICILE DE SUIVRE LE CHAN SANS LE SÉNÉGAL’’ APS LA MAIRIE DE DIAMNIADIO ADOPTE UN BUDGET ANNUEL DE PRÈS DE 3,4 MILLIARDS DE FRANCS CFA APS DES SCIENTIFIQUES SE PENCHENT SUR LA FIABILITÉ DES VACCINS CONTRE LE COVID-19 APS DES SÉNÉGALAIS DE PROVINCES CATALANES RÉCLAMENT UN CONSULAT DE PROXIMITÉ APS ABDOULAYE DIOP : « CHEIKH NGAÏDO BÂ ÉTAIT REMARQUABLE PAR SON ÉLÉGANCE SUR TOUS LES PLANS » APS GRAINES D’ARACHIDE : PLUS DE 46.000 TONNES COLLECTÉES, SELON MODOU DIAGNE FADA AIP COVID-19: Des cas graves en réanimation et sous assistance respiratoire (Ministère)

Cooperação/Suzi Carla Barbosa destaca PNUD como parceiro incontornável da Guiné-Bissau


  9 Décembre      13        Politique (14266),

   

Bissau, 09 dez 20 (ANG) – A ministra dos Negócios Estrangeiros, Cooperação Internacional e das Comunidades considerou hoje o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) um parceiro incontornável para a Guiné-Bissau .

Suzi Carla Barbosa que falava esta quarta-feira no ato do Lançamento do Laboratório de Aceleração, garantiu que o governo da Guiné-Bissau está comprometido com o PNUD na procura de novos parceiros e recursos financeiros necessários para desenvolver diferentes soluções propícias para viabilizar o Objetivo do Desenvolvimento Sustentável no país.
Carla Barbosa disse que o Laboratório lançado visa dotar o país de instrumentos necessários à prossecução e a estratégia do alcance do ODS.

Sustentou que o conceito deste laboratório consiste sobretudo na procura de mecanismos para idealizar soluções inovadoras, através de informações sustentadas e que sejam objeto de experimentação e implementação, com vista a produzir resultados aplicáveis às questões de emprego para a juventude e a mudança global do clima no contexto da modernização económica e social.

Suzi Barbosa garantiu que o governo não poupará esforço no sentido de contribuir na modernização das parcerias internacionais eficazes, no apoio a esta iniciativa do PNUD, que já beneficiou de mais de 70 milhões de dólares em investimentos financeiros realizados pela Alemanha, Qatar, Itália e outros parceiros principais do PNUD.

Barbosa disse que no total dos 90 laboratórios de Acelerações em todo o mundo, o país teve a sorte de ter estado entre os últimos 30 inscritos.

“Prossegue-se o objetivo de melhor viabilizar a equação da problemática do desenvolvimento do nosso país, assim como qual são as melhores políticas públicas para as soluções mais eficazes para a concepção de negócios e soluções que também sustentem o crescimento económico, e tenham um impato positivo e significativo na criação do emprego e na redução da pobreza nacional”, disse.

Por sua vez, o representante residente das Nações Unidas no país, Tjark Egenhoff afirmou que a inovação é crucial e imperativo para o desenvolvimento de um país como a Guiné-Bissau, “porque sem as inovações a gente fica estancada dentro de um estado que não é desejável”.

Justificou que só com as inovações em vários âmbitos, nomeadamente na saúde, educação, infraestruturas é que pode haver soluções que mudem a realidade do país.

Segundo Egenhoff, a expetativa de vida na Guiné-Bissau está muito abaixo comparativamente à outros países, exemplificando a questão da escolaridade, acesso à justiça e saúde.

Disse que o PNUD está a implementar programas que vão desde garantir o acesso à justiça, fortalecer o Estado de Direito, apoio ao país para que tenha instituições fortes, luta contra a Covid-19, até a proteção costeira.

Tjark informou ainda que o projeto vai ser especialmente focado para as tabancas sem deixar as ideias inovadoras que merecem a atenção na capital Bissau.

Dans la même catégorie