MAP Eliminatoires Mondial Costa Rica (Dames/U20): le match Bénin-Maroc interrompu en raison des intempéries ANP Présidentielle de février 2021 au Niger : Mahamane Ousmane réclame toujours la victoire. GNA Shai-Osudoku Assembly inaugurates classroom project AIP L’UDPCI planche sur son avenir et la situation sociopolitique nationale AIP Emmanuel Ahoutou prend fonction à la tête du Comité de privatisation AIP Le Trésor booste sa stratégie de mobilisation des recettes non fiscales AGP Guinée/Santé : Les regroupements et manifestations de masse autorisés à partir du lundi 27 septembre 2021 (ANSS) AGP Mamou-Coopération: Les nouvelles autorités de Mamou et celles de Kabala, ouvrent officiellement la frontière Guinéo-Sierra Leonaise AGP Guinée : La sage-femme Marie Condé revient sur les grandes lignes de la concertation de l’ONSFMG avec le CNRD GNA MTN donates GHC 100,000.00 to Otumfuo Education Fund

Covid-19: Completaram-se já oito meses depois do aparecimento do primeiro caso da doença em Cabo Verde


  20 Octobre      21        Santé (11633),

   

Cidade da Praia, 20 Out (Inforpress) – Cabo Verde registou esta segunda-feira 48 novos casos de covid-19, no dia em que se completaram oito meses depois da primeira identificação deste vírus no arquipélago, mais concretamente na ilha da Boa Vista.

Os casos de segunda-feira, 19, dizem respeito a 332 amostras testadas, segundo o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde.

O director do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças, Jorge Noel Barreto, aproveitou a habitual conferência de imprensa para informar que no domingo se registram dois óbitos e não um, como constou do Boletim Epidemiológico.

Segundo ele, ambas as mortes por covid-19 aconteceram na Cidade da Praia, onde 13 pessoas estão hospitalizadas, sendo três em “estado crítico”, entre as quais um homem de 46 anos.

“A transmissão comunitária já está praticamente em todo o país”, revelou o infeccionologista Jorge Barreto, que continua a apelar às pessoas a usarem máscaras faciais e a respeitar o distanciamento físico.

Instado se o uso das máscaras, que agora passou a ser obrigatório, vai contribuir para a diminuição de casos, o médico disse que tudo vai depender do comportamento de cada um e não poupou críticas à forma “inadequada” como têm sido usadas as protecções faciais, nomeadamente quando se tapa a boca e deixa o nariz sem qualquer protecção.

Conforme a mesma fonte, 94 pessoas recuperam-se da doença sendo Praia (18), Ribeira Grande de Santiago (1), São Domingos (10), Santa Catarina (19), São Salvador do Mundo (6), Tarrafal (5), Santa Cruz (6), São Lourenço dos Órgãos (11), São Filipe (5), Porto Novo (2), São Vicente (8) e Sal (3).

Assim, o país passa a contabilizar 1091 casos activos, 6620 recuperados, 87 óbitos e 2 transferidos, perfazendo um total de 7800 casos positivos acumulados.

De acordo com a Lusa, entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e Moçambique em número de casos.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egipto, em 14 de Fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infecção, em 28 de Fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e quase 40 milhões de casos de infecção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Na região da África Ocidental, da qual Cabo Verde faz parte, o número de infecções é de 185.038, com 2.701 vítimas mortais, e na África Central há 59.285 casos e 1.125 óbitos.

Mais de 40 milhões de casos de infecção pelo novo coronavírus foram oficialmente registados em todo o mundo desde o início da pandemia, dos quais 2,5 milhões nos últimos sete dias, o número mais alto declarado numa só semana.

Mais de metade dos casos foram contabilizados nos Estados Unidos, Índia e Brasil, os três países mais afectados pelo novo coronavírus e que contam, respectivamente, 8.154.935 casos (219.674 mortes), 7.550.273 infecções (114.610 mortes) e 5.235.344 casos (153.905 mortes).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LC/FP

Dans la même catégorie