Inforpress Andebol: Técnico sérvio Ljubomir Obradovic é o novo seleccionador de Cabo Verde ACP Covid-19: la vice-ministre de la Santé réceptionne un premier  approvisionnement de 250.380 doses du vaccin Pfizer offert par les USA ACP UNILU élue membre du Conseil d’administration de l’Agence Universitaire de la Francophonie ACP La jeunesse congolaise encouragée à entamer le chemin de l’entrepreneuriat ACP La tradition : un obstacle majeur à la gestion par des femmes maraichères congolaises des terres agricoles ACP L’inflation nationale de la semaine du 20 au 25 septembre située à 0,051% au niveau national ACP Des réflexions pour creuser les solutions aux méfaits de la Covid-19 dans les milieux des micros entrepreneures ACP Signature de l’accord d’exploitation du gaz dans la zone d’intérêt commun entre la RDC et l’Angola ACP Le tourisme : un des leviers majeurs de la diversification de l’économie en RDC ACP PDTIE : ouverture officielle de l’atelier sur les activités de la réduction de la pauvreté en RDC et au Cameroun

Covid-19/ CPLP potencia Estados-membros para uma melhor investigação e eficácia no combate à cibercriminalidade


  19 Novembre      24        Société (35897),

   

Bissau, 19 Nov 20 (ANG) – A CPLP está a potenciar os Estados-membros para um melhor nível de investigação e eficácia no combate à cibercriminalidade no contexto da pandemia da covid-19, em seminário internacional de três dias que arrancou hoje na ilha do Sal.

“No fundo, estamos a potenciar os países para um melhor nível de investigação e eficácia naquilo que é o combate à cibercriminalidade”, referiu a ministra da Justiça, Janine Lélis, ao presidir o acto de abertura do seminário internacional sobre “cibercrime nos países da CPLP no contexto da pandemia da covid-19”, a partir de Santa Maria
“Como foi dito pelo Conselho de Europa na sua intervenção inicial, durante a pandemia conseguiu-se perspectivar um aumento de crime cibernético tendo, por exemplo, em perspectiva, infra-estruturas de saúde, bem como o recrudescimento da exploração da pornografia infantil”, concretizou, defendendo a necessidade “cada vez maior e mais urgente” de capacitação, para ter níveis de resposta e eficácia eminentes.

Segundo a governante, o contributo de Cabo Verde nesta presidência da Conferência dos Ministros de Justiça da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), prende-se com a parceria que conseguiu estabelecer com peritos e especialistas nesta matéria, para formar, não só magistrados cabo-verdianos, sejam eles juízes ou procuradores, também os agentes da polícia.

“Quem diz essas pessoas a nível de Cabo Verde, também, são essas mesmas pessoas a nível de toda a comunidade que estarão a ser capacitadas e formadas (…), capacitação em Angola, Brasil, Cabo Verde, Portugal, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, São Tomé, Moçambique e Timor Leste”, enunciou.

“Somando comunidade mais comunidade, região mais região, estaremos a fazer uma frente unida para fazer este combate”, sublinhou a titular da pasta da Justiça.

Realizado no âmbito do projecto Galxy + do Conselho da Europa em cooperação com a Conferência dos Ministros da Justiça da CPLP e o Ministério de Justiça e Trabalho, participam neste seminário, através de videoconferência, juízes, procuradores, policiais e investigadores dos Estados-membros da comunidade.

O seminário vai ao encontro do programa da presidência cabo-verdiana da Conferência dos Ministros de Justiça da CPLP, cujo tema é “combater o cibercrime: um novo desafio para a justiça”.

A ministra da Justiça e Trabalho, Janine Lélis, para quem este tema tornou-se cada vez mais “premente e evidente”, explicou que nesta base, está-se a desenvolver uma das acções planificadas a nível da conferência, que é a capacitação e formação dos países que fazem parte deste fórum de ministros da Justiça de língua oficial portuguesa, nesta matéria.

Assim, durante esses três dias, os participantes debruçar-se-ão sobre várias temáticas, nomeadamente as novas tendências da criminalidade, investigação – tendo em atenção a necessidade, também, da protecção dos dados pessoais das pessoas -, e a questão da cooperação e produção da prova.

Dans la même catégorie