GNA Asset managers urged to leverage on opportunities presented by COVID-19 GNA EC to register eligible Senior High students GNA Two KNUST SHS teachers sanctioned over student’s death APS PAPISS DEMBA CISSÉ RETROUVE L’EFFICACITÉ DE SES JEUNES ANNÉES APS LA SÉCURITÉ DANS LE TRANSPORT DES ÉCHANTILLONS INFECTIEUX, « UNE NÉCESSITÉ VITALE » (EXPERT) APS POLICE : 2.630 INDIVIDUS INTERPELLÉS EN JUIN POUR DIVERSES INFRACTIONS GNA Tourism Minister inaugurates Local Content Committee for NFA GNA Supreme Court to resume sitting on July 14 APS COUPES INTERCLUBS : LA FSF ALLOUE 40 MILLIONS FCFA AUX REPRÉSENTANTS SÉNÉGALAIS APS AMADOU HOTT RÉCLAME DAVANTAGE DE FINANCEMENTS POUR L’AFRIQUE

Covid-19: Governo são-tomense decidiu reabrir todos os serviços da função pública


  1 Juin      25        Evénements (443),

   

São-Tomé, 01 Jun 2020 ( STP-Press ) – O Governo são-tomense reabriu hoje todos os serviços da função pública que se encontravam encerrados no âmbito de prevenção a contaminação ao coronavírus [ a Covid-19 ], tal como anunciou domingo, o porta-voz do executivo, Adelino Lucas, Secretário de Estado para comunicação Social.

Num comunicado lido a imprensa, Adelino Lucas disse que o executivo decidiu pela “ reabertura de todos os serviços da função pública que se encontravam encerrados, ainda em horário único das 7:30 às 13 h, com funcionários em regime de trabalho intercalado”.

O governo decidiu também que confinamento geral obrigatório de toda a população passa a ser das 18:30 à 5 h com exceção dos profissionais da saúde, da defesa e ordem interna, comunicação social, os titulares da soberania, membros do governo, funcionários essências das missões diplomáticas, trabalhadores por turno e os casos de emergência devidamente justificados.

Além da autorização para funcionamento do comércio geral, das empresas da prestação de serviços, das empresas de construção civil, dos bancos comerciais, restaurantes em take away, com o horário único de funcionamento compreendido entre as 7:00h as 15h com exceção das farmácias, postos de combustíveis e padarias passam a praticar o horário das 6h à 17h.

Tendo anunciado as medidas que foram decretadas nos noutros períodos de Estado de Emergência continuam ainda em vigor, o porta-voz do governo citou a obrigatoriedade do uso de máscara, norma de distanciamento bem como a continuidade da proibição dos bares, discotecas, aulas públicas e privadas, cultos religiosos e voos inter-lhas salvo os de cariz humanitário.

“ Estas medidas serão regulamentadas por decreto-lei e entrarão em vigor no dia 1 de Junho de 2020”, explicou Adelino Lucas, anunciando a existência de um consenso com Presidente da República para a prorrogação do Estado de Emergência até ao dia 15 de Junho.

Dans la même catégorie