MAP Inauguration à Rabat de l’ambassade de la République de Zambie au Maroc GNA Communities urged to support women to realise their potentials GNA Ace Journalist outdoors book on life experiences in practice GNA Ace Journalist outdoors book on life experiences in practice GNA ‘Absorb Anson SHS onto the Free SHS programme’- Nana Effah Opinaman III to government GNA Kwahu- Nkwatia gets new chief after three years of chieftaincy dispute GNA The Lord’s Pentecostal Church joins fight against electoral violence GNA NITA launches Security Operations Centre APS GUÉDIAWAYE : L’AMBASSADEUR DU PORTUGAL OFFRE DES KITS SCOLAIRES À DES FILLES AGP CEMAC: Le programme «Les jeunes tisserands de la paix» en gestation dans le Woleu-Ntem

Covid-19: Preço do teste PCR para viagens internacionais fixado em 11 mil escudos


  25 Septembre      8        Santé (7775),

   

Cidade da Praia, 25 Set (Inforpress) – O Governo estabeleceu o preço fixo em 11 mil escudos para realização dos testes PCR nas viagens internacionais, medida que entra em vigor a partir de quinta-feira.
De acordo com o Boletim Oficial, é estabelecido o preço fixo de 11 mil escudos para realização de testes PCR, que é aplicável a todos os serviços públicos de saúde.
A 09 de Setembro, o Governo tinha fixado o preço máximo em 14 mil escudos, entretanto, sujeito a actualização pela Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS).
Conforme o documento, a pandemia provocada pelo vírus do SARS-CoV-2 impôs ao Governo a adopção de várias medidas restritivas no sentido de conter a sua proliferação no País, designadamente o encerramento das fronteiras.
Assim, com vista a abertura das fronteiras, Cabo Verde vem adoptando um conjunto de medidas de protecção e de mitigação da propagação do vírus SARS-CoV-2, nomeadamente a realização obrigatória do teste de RT- PCR, para as viagens internacionais.
O Governo decidiu atribuir também a competência à Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) para regular e actualizar os preços dos testes de despiste por PCR para a Sars-Cov-2, uma medida para controlar a operação por parte dos estabelecimentos de saúde.
De acordo com a ERIS, a abertura das fronteiras, no contexto da retoma dos voos internacionais de passageiros, justifica a adopção de medidas para limitar a propagação transfronteiriça da covid-19, por isso, com o objectivo de garantir a sua acessibilidade aos viajantes, torna-se necessário fixar e regular os preços praticados pela sua realização.

Dans la même catégorie