MAP M. Bourita à Bamako porteur d’un message d’encouragement, d’amitié et de solidarité APS UN PROJET D’ASSISTANCE SOUS FORME DE TRANSFERTS MONÉTAIRES CIBLE PLUS DE 145.000 PERSONNES DANS 12 DÉPARTEMENTS APS MACKY SALL : « LE TER VA DÉMARRER DANS LES PROCHAINS MOIS » AIP Côte d’Ivoire –AIP / Le journal  » l’Inter  » rafle le prix du meilleur organe de presse de la CAIDP ANP Des journalistes ouest-africains en formation sur la lutte contre les crimes économiques et financiers ANP Rencontre des Cadres de la Communication : Les participants recommandent un rehaussement des subventions allouées au secteur APS LE PRÉSIDENT SALL PRESSE LE GOUVERNEMENT D’ACCÉLÉRER LES RÉFORMES DANS PLUSIEURS SECTEURS APS AGROÉCOLOGIE : DES ORGANISATIONS PAYSANNES ET DE LA SOCIÉTÉ CIVILE PEAUFINENT LEUR CONTRIBUTION À LA POLITIQUE AGRICOLE NATIONALE APS MAGAL 2020 : SONATEL RENFORCE SA PRÉSENCE APS VERS UN ALLÉGEMENT FISCAL POUR LA PRESSE ET LE TOURISME SUR LA PÉRIODE 2020-2021

Covid-19/África unida por 220 milhões de doses de vacina para o continente


  4 Septembre      9        Santé (7489),

   

Bissau, 04 20 (ANG) – Os 54 países africanos estão unidos numa iniciativa pioneira para assegurarem pelo menos 220 milhões de doses da vacina contra a covid-19 para o continente, de acordo com um comunicado divulgado hoje pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para o continente africano.

dos países africanos às vacinas contra o novo coronavírus foi o tema da conferência de imprensa virtual da OMS África que nesta quinta-feira contou com a participação do vice-ministro da Saúde e Bem-Estar Social da Guiné Equatorial, Hon Mitoha Ondo’O Ayekaba.

Participaram igualmente o director da área de programas, imunização e desenvolvimento de vacinas na OMS África, Richard Mihigo, e o chefe executivo da Coligação para a Inovação na Preparação para Epidemias (CEPI), Richard Hatchett.

Segundo a OMS África, todos os 54 países do continente manifestaram interesse na COVAX, um mecanismo codirigido pela GAVI (Aliança para as Vacinas), a CEPI e a OMS, que tem como objectivo acelerar o desenvolvimento e o fabrico de vacinas contra a covid-19 e garantir um acesso justo e equitativo para todos os países do mundo.

A COVAX tem como objectivo « assegurar o acesso de todos » às vacinas, sejam os países de rendimento superior e médio, que autofinanciarão a sua própria participação, como os países de rendimento médio e inferior, que terão a sua participação apoiada.

Segundo a OMS África, oito países no continente concordaram em autofinanciar as suas doses de vacinas através da COVAX, uma manifestação de interesse que deverá transformar-se em compromissos vinculativos até 18 de setembro, com pagamentos adiantados a efetuar o mais tardar até 09 de outubro de 2020.

Para a directora regional da OMS para África, Matshidiso Moeti, « a COVAX é uma iniciativa global inovadora que incluirá países africanos e assegurará que estes não sejam deixados no fim da fila para as vacinas contra a covid-19 ».

A CEPI está a liderar a investigação da vacina COVAX e pretende desenvolver até três vacinas seguras e eficazes que serão disponibilizadas aos países participantes.

Nove vacinas candidatas estão actualmente a ser apoiadas pela CEPI e duas estão a ser testadas na África do Sul, além de outras regiões em todo o mundo.

Através da COVAX, as vacinas que tenham obtido aprovação regulamentar ou pré-qualificação da OMS serão entregues igualmente a todos os países participantes, proporcionalmente às suas populações.

Será dada prioridade aos trabalhadores da saúde e outras populações vulneráveis e, em seguida, a disponibilidade de vacinas será expandida para cobrir populações prioritárias adicionais nos países participantes.

Para o director da área de programas, Imunização e Desenvolvimento de Vacinas da OMS África, Richard Mihigo, « para lançar uma vacina de forma eficaz nos países africanos é fundamental que as comunidades estejam envolvidas e compreendam a necessidade da vacinação ».

Em África, há 30.294 mortos confirmados em mais de 1,2 milhões de infectados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Dans la même catégorie