AIP Côte d’Ivoire-AIP/ 12 coupeurs de route mis en déroute sur l’axe Koutouba-Mango APS DALIFORT : DES FEMMES FORMÉES AU TIC APS IBRAHIMA NIANE CONSTRUIT SON ASCENSION APS SAINT-LOUIS : LA PLACE FAIDHERBE REBAPTISÉE ‘’BAYA-NDAR’’ GNA Government will ensure employment security for communication sector workers APS TRANSFERT D’ALFRED GOMIS : DIJON ET RENNES S’ACCORDENT APS LA FPU INVITE À UN RETOUR AUX VALEURS DE LA FAMILLE AGP Le SEENA s’interroge sur l’avenir de l’éducation au Gabon AGP «Il n’y a aucun conflit entre le Gouvernement et les ordres religieux» (Ministre de l’Intérieur) AGP Gabon : Le Gouvernement allège le couvre-feu d’une heure

Covid-19/OMS afirma que não há solução milagrosa para lutar contra a pandemia


  4 Août      7        Santé (7459),

   

Bissau, 04 Ago 20 (ANG) – A  Organização Mundial de  Saúde avisou na segunda-feira que não há, nem haverá uma solução milagre contra a  pandemia  de Covid-19,  não obstante  a  corrida  que se verifica actualmente   de forma  a  descobrir  uma vacina  que  seja  eficaz.

Segundo  o  director-geral  da OMS, Dr Ghebreyesus  a  única  esperança reside nos  ensaios clínicos  que estão a decorrer.

De acordo  com Tedros Adhanom Ghebreyesus, director-geral  da Organização Mundial de  Saúde, os ensaios clínicos de várias vacinas,  em curso, entraram  numa  terceira  fase,  mas  isso  não significa que  estão  perante a conclusão de  uma  vacina  eficaz   que  possa  bloquear  as  infecções  pelo  novo  coronavírus.

Segundo Adhanom Ghebreyesus o novo coronavírus só pode ser combatido através do  recurso persistente aos gestos  de protecção, às boas  práticas,  bem como a vontade  política dos  Estados.

 »Várias  vacinas  estão   agora  na  terceira  fase  de  ensaios  clínicos.Todos nós  esperamos   ter  um  número  de vacinas eficazes , que  possam  impedir  que  as  pessoas  sejam  infectdas. Contudo  neste  momento não  existe  uma  solução milagrosa  e  talvez a mesma nunca haverá. De momento, travar os novos focos dependerá da aplicação de medidas básicas em matéria de saúde bem como do controlo de doenças.Rastreio, confinamento,  tratar os pacientes,  identificar  os seus contactos e  mantê-los em quarentena…Façam tudo isso!  Informar, capacitar e estar a escuta das populações. Façam tudo isso!  No plano individual deve-se  manter o distanciamento físico, usar  uma máscara,  lavar as mãos  regularmente e tossir fora do alcance  dos outros.Façam  tudo isso! A nossa mensagem às populações e aos governos é clara.Façam tudo isso! », disse Ghebreyesus.

De  acordo  com as últimas estatísticas  publicadas  nos  media, a  pandemia  de  Covid-19  provocou pelo menos  a morte de 689.758 pessoas no mundo, desde  o  seu início em Dezembro  de 2019.

No  dia 10  de Julho  de 2020  a  OMS enviou a China um epidemiologista, assim  como  um especialista da  saúde dos  animais para  uma  missão exploratória, antes de  uma  investigação que  deverá ser efectuada, sob a  sua  égide, sobre  as origens do novo  coronavírus, emergido  em Wuhan na China.

Segundo  Tedros  Adhanom Ghebreysus, a  referida missão concluiu o  seu trabalho  prepatório e estudos   epidemiológicos vão agora  começar, de forma  a detectar  a  fonte  potencial  de  infecção  dos primeiros casos.

 A  grande  maioria  dos  pesquisadores  concorda em  afirmar  que  o novo coronavírus  SARS-CoV-2,  na  origem  da  actual pandemia, emanou sem  dúvida  dos  morcegos,  mas os  cientistas não ponhem de lado a hipótese segundo a  qual,o  vírus  passou por uma outra espécie  antes  de  ser  transmitido aos humanos.

No  que  diz  respeito  à  evolução da  epidemia , a  América latina, tendo o Brasil como o país  mais  afectado, e as Caraíbas, são actualmente as  regiões mais infectadas  do mundo, a seguir a  Europa que regista mais de 210.000 mortos.

Dans la même catégorie