APS MÉDINA BAYE : DES TESTS DE DIAGNOSTIC RAPIDE POUR LA PRÉVENTION DU COVID-19 ANP Agadez : La DGD fait découvrir le nouveau Code national des douanes ANP Diffa by night : Restez chez vous, on sécurise ! ANP Dosso abrite un atelier de sensibilisation des médias sur la participation politique des femmes ANP Niger : 3,8 millions de personnes auront besoin d’assistance humanitaire en 2021 (ONU) AIP Côte d’Ivoire-AIP/Présidentielle 2020: Le RHDP exhorte les populations à tourner le dos aux fausses rumeurs à Grand-Lahou AIP Côte d’Ivoire-AIP/Présidentielle 2020 : Une cinquantaine d’observateurs bénévoles formés par le CNDH à Agboville AIP Côte d’Ivoire-AIP/Présidentielle 2020 : L’Association ‘’idées de paix’’ sensibilise pour des élections apaisées APS PRÉSIDENTIELLE IVOIRIENNE : OUATTARA ET KKB ONT TENU LEUR DERNIER MEETING MAP Côte d’Ivoire/Présidentielle : la CEDEAO dépêche des observateurs à Abidjan

Covid-19/PAM e UNICEF lançam programa de proteção social


  28 Septembre      6        Société (24296),

   

Bissau, 28 Set 20 (ANG) – O Programa Alimentar Mundial (PAM) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lançam um programa conjunto de proteção social para reduzir o impacto socioeconômico da pandemia de COVID-19, em cerca de 1.500 famílias mais vulneráveis.

A informação consta num comunicado à imprensa enviado à ANG, segundo o qual o PAM e o UNICEF visam atingir as oitos regiões do país, com maior prevalência de insegurança alimentar, segundo resultados de inquéritos e pesquisas de 2019 e 2020 feitos em colaboração com os parceiros do Sistema

de Monitoramento de Segurança Alimentar e Nutricional, incluindo Instituto Nacional de Estadísticas e o Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural.
A nota informa que as 100 famílias mais carenciadas do Setor Autônomo de Bissau, o epicentro da COVID-19 no pais, também vão receber esse apoio.

O documento informa ainda que o programa tem financiamento do Fundo Fiduciário Multi-Parceiros para Resposta e Recuperação da COVID -19 das Nações Unidas e da Agência Italiana para Desenvolvimento e Cooperação.

“Uma meticulosa análise da vulnerabilidade foi conduzida, para garantir que os membros mais vulneráveis das comunidades identificadas possam se beneficiar do programa”, frisou.

O PAM e o UNICEF, em colaboração com o Ministério da Mulher, Família e Solidariedade Social vão ajudar mais de 1.500 famílias, e 11.000 pessoas, através de transferências monetárias mensais via telemóvel, na Guiné-Bissau.

Adiantou que, cada família receberá 40 mil francos CFA durante três meses com o objetivo de ajudar a mitigar o impacto socioeconômico da crise causada pela pandemia do coronavírus.

A COVID-19 colocou uma enorme pressão sobre as famílias, nas áreas rurais, devido as limitações das atividades económicas incluindo a campanha de caju.

“O PAM e a UNICEF estão determinados a aliviar as dificuldades daqueles que não têm medidas para se defender, com foco em famílias com múltiplas vulnerabilidades, na sua maioria chefiadas por mulheres, com crianças, idosos, pessoas com desnutrição, deficiência, doenças crónicas e em situação de desemprego”, disse Kiyomi Kawaguchi, Representante do PAM na Guiné-Bissau.

As transferências monetárias, através de telemóveis, o programa oferece mensagens personalizadas para as comunidades beneficiárias, com forte ênfase na promoção de medidas de segurança e de prevenção a COVID-19.

“A situação atual exige o desenvolvimento de um programa de assistência social contextual, adaptado às restrições impostas pela crise do coronavírus acompanhada de uma comunicação eficaz e efetiva para diminuir riscos às famílias e crianças”, afirmou Nadine Perrault, Representante do UNICEF no país.

O PAM e o UNICEF também estabeleceram um sistema de monitoramento remoto, por meio de ligações telefónicas, para avaliar o sucesso do programa, além de uma linha direta e gratuita aos beneficiários, a fim de garantir uma comunicação contínua e bidirecional com as populações atendidas.

Esta organização alimentar trabalha em mais de 80 países, em todo o mundo, alimentando pessoas afetadas por conflitos e desastres e criando as bases para um futuro melhor. Na Guiné-Bissau o PAM apoia o Governo na área de segurança alimentar e nutrição fornecendo assistência a mais de 200.000 pessoas em todo o país.

O UNICEF também promoveu direitos e o bem-estar de todas as crianças, em todo o mundo, junto com seus parceiros, trabalham em 190 países e territórios para traduzir esse compromisso em ações práticas, concentrando esforços especiais em alcançar as crianças mais vulneráveis e excluídas, em benefício de todas as crianças, em todos os lugares.

Dans la même catégorie