ANP Le Ministre burkinabé des Mines et des Carrières reçu par le Président Issoufou ANP Le Président Issoufou reçoit le Secrétaire Exécutif du Comité Interparlementaire du G5 Sahel ANP Diffa N’Glaa : 60 milliards de F CFA d’investissements dans les infrastructures ACI CONGO : QUINZE FEMMES VULNÉRABLES FORMÉES SUR DES MÉTIERS GÉNÉRATEURS DE REVENUS GNA Bawumia commissions Education Staff Development Institute at Saltpond GNA Chief of Staff inaugurates water projects in Tano North Municipality GNA PPAG ends GUSO project MAP Le leadership régional du Royaume en matière de lutte contre le changement climatique salué par un responsable nigérien MAP Les Etats-Unis réaffirment que l’initiative marocaine d’autonomie au Sahara est « sérieuse, crédible et réaliste » GNA Retail campaign serving us well-Asokwa NPP Secretary

Covid-19/Pandemia acelerou e está a aumentar rapidamente em África


  17 Juillet      7        Santé (7834),

   

Bissau,17 Jul 20(ANG) – O director do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC) alertou hoje que a pandemia « acelerou e está a aumentar rapidamente », defendendo a utilização permanente de máscaras em espaços públicos.

« A pandemia acelerou e está a aumentar rapidamente, por isso precisamos de aplicar as medidas de distanciamento social conforme recomendado pelas autoridades de saúde, já que não temos vacina nem cura para a covid-19 », disse John Nkengasong durante a conferência de imprensa semanal do África CDC.

Na última semana, o continente africano « registou um aumento de 23 por cento nos novos casos, que se traduz em 119 mil casos reportados e uma média de 17 mil casos diários, o que compara com os 14 mil casos diários na semana anterior », disse John Nkengasong.

« Não podemos ficar em confinamento para sempre, temos de ir para a rua e combater o vírus, mas com segurança, e temos linhas orientadoras sobre como fazer isso, e uma delas é a utilização de máscaras sempre que as pessoas estão em espaços públicos », acrescentou o responsável.

Na conferência de imprensa, o responsável defendeu também que as escolas têm de abrir para o próximo ano lectivo, mas alertou que isso tem de ser feito de forma segura e ser analisada caso a caso.

« As escolas são parte da sociedade, não podemos manter as crianças fora da escola para sempre, temos de abrir as escolas de forma progressiva e segura, seguindo as recomendações que estão disponíveis », vincou o diretor do África CDC, salientando que « a decisão tem de ser tomada por cada país mediante as condições específicas ».

Sobre as vacinas, John Nkengasong salientou a necessidade de haver uma coordenação continental e evitar que cada país tente obter uma vacina por si próprio.

« Queremos coordenar a questão das vacinas a nível continental, e não que um laboratório aborde um país a propor uma vacina, o África CDC e a União Africana estão muito empenhados em posicionar o continente na vanguarda dos ensaios e da pesquisa, já estamos em conversações com empresas de produção de vacinas em África para termos um papel ativo no desenvolvimento, distribuição e administração das vacinas e não esperar que sejam desenvolvidas e depois distribuídas aqui », concluiu.

Dans la même catégorie