AIP Des éleveurs de San Pedro renforcent leurs capacités AGP Gabon : L’UDERE s’implante au village ‘’la Sango’’ GNA Medical Centre dedicates October for free breast screening GNA All our schools are accredited – ASICS ANP Zinder accueille, cette année, la célébration de la 42è Journée Mondiale de l’Alimentation APS L’ONG APRIECA RÉALISE UN COMPLEXE SCOLAIRE À KEUR MASSAR (RESPONSABLE) APS KAOLACK : LES FIDÈLES D’AUTRES PAYS À L’ASSAUT DE MÉDINA BAYE GNA Tema Community-2 Market women coached on proper handwashing AIP Distribution de kits scolaires au groupe scolaire Lokaha 2 de Sinématiali ANP Le Niger suspend les activités minières et de carrière dans la zone de Tamou (Zone des trois Frontières)

Covid-19/Presidente da República institui uma taxa de 30 mil francos para testes de viagens aérea


  19 Novembre      36        Société (36325),

   

Bissau, 19 Nov 20(ANG) – O Presidente da República instituiu na quarta-feira uma taxa de 30 mil francos cfa para realização de testes obrigatórios de Covid-19 para as pessoas em situações de viagens aérea decidindo também a reabertura das fronteiras comunitárias e internacionais em conjução com a CEDEAO.

A medida vem expressa num decreto presidencial na qual se justifica que representa uma forma de controlar a transmissão da doença, e que consiste na obrigatoriedade de realização de testes de despistagem à Covid-19, negando entrada à todos aqueles que não apresentam o referido teste nos pontos fronteiriços.
“O país vê-se obrigado a cumprir com os ditames colocados internacionalmente, sob comando da Organização Mundial de Saúde(OMS), que alargou os centros de testes de forma a permitir a realização de viagem para o estrangeiro dos guineenses e outros residentes na Guiné-Bissau,” lê-se no documento.

Segundo o decreto, os custos inerentes a todo o processo são elevados e não existem recursos financeiros e materiais suficientes para se fazer face aos mesmos, exclusivamente com recursos provenientes do Estado.

O decreto refere ainda que a realização de testes dá direito à emissão de um certificado com o respetivo resultado e determina que serão emitidos certificados diferentes consoante a finalidade do teste realizado.

O decreto presidencial refere que apenas o certificado negativo emitido em razão do teste para viagem habilita o titular a viajar para o estrangeiro.

O pagamento de teste deve ser realizado através do depósito na conta do Alto Comissariado de luta contra o Covid-19 ou por transferência
por Orange Money e Mobile Money.

Dans la même catégorie