ACP Les ministres provinciaux de l’éducation invités à lutter contre les antivaleurs dans leurs entités ACP Sud-Kivu : 153 personnes touchées par la covid-19 en cette troisième vague ACP L’ambassadeur américain Mike Hammer visite le barrage d’Inga ACP Les journalistes de l’ACP appelés à améliorer leur rendement pour la promotion de l’agence ACP Le Président Félix Tshisekedi réitère la nécessité de travailler pour l’intérêt général ANP Célébration de la fête de Tabaski à Tahoua : Les commerçants satisfaits des retombées économiques ANP Le Premier Ministre reçoit le Représentant résident du PAM au Niger ANP Entretien entre le Premier Ministre et le tout Premier nouvel Ambassadeur des Pays Bas au Niger GNA Will Accra work again with street Hawkers? ANP Zinder : Les revendeurs ont réalisé de bonnes affaires à l’occasion de la Tabaski

Culinária /Quarenta e um efectivos das Forças Armadas recebem diplomas de mérito de fim de curso


  23 Octobre      31        Société (34408),

   

Bissau, 23 Out 20 (ANG) – Quarenta e um efectivos de diferentes unidades militares da Guiné-Bissau receberam hoje diplomas de mérito de fim de curso de culinária depois de 60 dias de formação patrocinada pelo Estado Maior General das Forças Armadas(EMGFA).

Na cerimónia e em representação do ministro de Defesa Nacional, Malam Camará elogiou a iniciativa do “EMGFA” encorajando-o a promover formação noutros domínios.
“Quero vivamente felicitar a formadora, pelo seu empenho e qualidade demonstrado durante a formação de 60 dias aos seus formandos”, referiu Malam Camâra.

Acrescentou que a área de formação que tem a ver com a alimentação é extremamente importante nas Forças Armadas, tendo em conta o fluxo de pessoas que nela se encontram.

Para o representante do ministro de Defesa, as responsabilidades que estes homens e mulheres desempenham nas suas unidades merecem da parte de chefias miliares um total apoio não só em termos de nutrição mas também noutros domínios.

Malam Camará revelou que a sua tutela está disposto em apoiar acções de género, como forma de ajudar na organização da classe castrense.

Por seu turno, o Vice-Chefe de Estado-maior General das Forças Armadas Mamadu Turé Nkruma revelou que a partir do momento que tomou conhecimento das queixas vindas de diferentes unidades miliares do país sobre a má alimentação, rapidamente colocou a preocupação ao CEMGFA, Biaguê Na Ntan, este por sua vez ordenou a procura de um profissional no domínio de cozinha para efectuar formação aos militares.

Aquele oficial aproveitou a ocasião para apelar aos formandos para porem na prática todo o conhecimento adquirido durante a formação, preparando boa comida nos quarteis.

Em nome dos formandos, Rumeu António Fernandes destacou que a culinária é uma porta aberta para o sucesso, realçando que o momento vivido é uma vitória para todos os formandos.

“Caros colegas recem formados temos agora que saber aproveitar tudo o que a natureza nos oferece em termos de alimento para transformarmos numa boa refeição que irá nutrir as nossas unidades”, disse o porta-voz.

Rumeu Fernandes agradeceu ao Chefe de Estado-maior General das Forças Armadas, Biague Na Ntam e outros oficiais e a formadora do curso, pela paciência mostrada durante 60 dias de formação.

Dans la même catégorie