ACP Une application pour certifier les produits congolais ACP Le Conseil d’administration de la FEC renouvelle son engagement aux principes d’un Etat de droit ACP RDC-RCA: un don de 3,5 millions de dollars de la BAD pour un projet d’interconnexion électrique ACP L’accompagnement des ETD dans la gestion des fonds de la redevance minière, principale recommandation de AMI 4 ACP Le président national du FLNC en tournée dans les différents districts de Kinshasa ACP Le BCNUDH note une diminution de près 16% de violations des droits de l’homme en RDC au mois d’octobre MAP Le Maroc, un partenaire « très fiable » avec lequel l’UE souhaite poursuivre le partenariat (Commissaire UE) ABP La Journée mondiale de lutte contre le sida célébrée à Natitingou sous le signe des progrès enregistrés dans l’Atacora ABP La population d’Adjakomey appelle le gouvernement à les sauver des affres des bœufs sédentarisés ABP Kétou ne regrette pas le choix porté sur Talon et salue les réalisations du PAG

Deputados regressam ao trabalho em plenária para aprovarem a alteração do estatuto da ARC


  9 Novembre      16        Politique (13179),

   

Cidade da Praia, 09 Nov (Inforpress) – Os deputados voltam ao trabalho em plenária, a partir de quarta-feira, 11, para aprovarem um conjunto de propostas legislativas, destacando-se a proposta de lei que altera o Estatuto da Autoridade Reguladora para a Comunicação Social (ARC).
Na referida sessão, os parlamentares vão também aprovar a proposta de lei que procede à alteração à lei nº 118/VIII/2016, que cria a Taxa de Compensação Equitativa pela Cópia Privada.
De igual modo, os eleitos da Nação vão aprovar a proposta de lei que estabelece o regime jurídico de acesso e exercício de profissões e de actividades profissionais sujeitas a carteira profissional.
Durante a primeira sessão plenária de Novembro, está, igualmente, prevista a discussão, na generalidade, da proposta do diploma que procede à primeira alteração à lei que aprova o regime geral das pensões do Estado, assim como a proposta de lei que cria o 1º e 2º Juízos de Trabalho no Tribunal Judicial da Comarca de acesso final da Praia.
Ainda em matéria legislativa, os deputados vão discutir a proposta de resolução que aprova para ratificação o acordo entre o Governo da República de Cabo Verde e a Organização Internacional de Polícia Criminal (INTERPOL, na sigla em inglês), sobre a definição do quadro legal que rege a implementação do Programa de SIPAO em Cabo Verde.
Entretanto, para o instituto das perguntas ao Governo, o grupo parlamentar do Movimento para a Democracia (MpD, poder) indicou o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente.
Na actual legislatura, a Assembleia Nacional é composta por 72 deputados, sendo 40 do MPD, 29 do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAIC, oposição) e três da União Cabo-verdiano Independente e Democrática (UCID, oposição).
Os deputados são eleitos por sufrágio universal, directo e secreto dos cidadãos cabo-verdianos de ambos os sexos, maiores de 18 anos, recenseados no território nacional ou no estrangeiro. Os deputados são os representantes de todo o povo e não unicamente dos círculos eleitorais por que foram eleitos.
O mandato dos deputados inicia-se com o seu empossamento e cessa com o empossamento dos deputados eleitos na eleição seguinte, sem prejuízo da suspensão ou cessação individual do mandato.

Dans la même catégorie