GNA Konadu to face Disciplinary Committee over foul comments on Referee GNA Commonwealth Games Ghana organizes workshop for media GNA Hearts, AshantiGold share points in fascinating four-goal thriller APS AFROBASKET MASCULIN 2021 : LE SÉNÉGAL DÉMARRE LES ÉLIMINATOIRES CONTRE LE KENYA APS UN ANCIEN INTERNATIONAL PARIE SUR LA GÉNÉRATION ACTUELLE POUR UN SACRE CONTINENTAL AIP Météo: des activités pluvio-orageuses annoncées dans le Sud du pays (Sodexam) AIP Ouverture de a 37e session de la Conférence ministérielle de la Francophonie ouverte AIP Près de 4600 personnes vivent de la pêche à Sassandra AIP Une journée de « consolidation des acquis de la paix » organisée à Danané Inforpress Presidente da Câmara Municipal do Porto Novo destaca importância da formação de cuidadores de dependentes

Desporto-futebol/Empresário Eusébio Mango Fernandes recomenda maior dedicação à formação da camada juvenil


  3 Novembre      8        Sport (4579),

   

Bissau,03 Nov 20(ANG) – O empresário de futebol Eusébio Mango Fernandes, radicado em Portugal, recomenda as autoridades competentes maior dedicação a formação em futebol da camada juvenil guineense.
“Os guineenses têm o talento de futebol na sangue e por isso devemos apostar num trabalho muito mais sério e rigoroso em termos de formação das camadas mais jovens”, sustentou o empresário em entrevista a ANG.
Aquele responsável sublinhou que, o futebol é hoje em dia a indústria mais poderosa do mundo e que movimenta milhões, frisando que, a Guiné-Bissau dispõe de matéria-prima de qualidade e suficiente, e que basta prepará-la para se revelar em qualquer patamar do futebol mundial.

Destacou que o futebol não é apenas dar o chuto na bola, mas sim, uma escola de vida onde os jovens aprendem o espírito de grupo, capacidade de luta, de sofrimento e de solidariedade, e que isso desvia os jovens de outros caminhos, tais como refugiar-se em bebidas, cigarros e drogas.

Disse que o Governo deve aproximar-se muito mais ao futebol e ao desporto em geral de forma a atrair, ainda mais, a camada juvenil para a sua prática.

Mango Fernandes louvou a recente nomeação do ex. capitão da seleção nacional de futebol, Bocundji Cá para as funções de Director Executivo da Federação de Futebol para área de formação.

Disse que todas as pessoas que percebem do futebol devem se unir a volta da actual direcção da Federação de Futebol ,liderada pelo Carlos Teixeira(Caíto), e enterrar o “machado de guerra”,

“Por isso estou muito satisfeito com as recentes nomeações para novas funções na Federação, por parte antigos jogadores da seleção nacional, não só de Bocundji Cá, como de Ivanildo Soares Cassamá, Morreira e Victor Correia”, disse.

Questionado sobre o recente acordo que o seu filho, Joelson Fernandes assinou com o Sporting Clube de Portugal, o empresário disse que levou o miúdo para Portugal com apenas 10 anos tendo entrado para a estrutura do clube leonino com 11 anos.

“O talento do Joelson Fernandes tem despertado interesses de vários clubes europeus Tenho recebido ofertas estrondosas contudo tenho sempre o cuidado de não precipitar as coisas de forma a deixar o jogador crescer de forma saudável”, explicou.

O empresário e pai do jogador disse que, há um ano, recebeu propostas milionárias de Paris Saint Germain, Manchester City, Arsenal, Liverpol, Borrusia de Dortmund e Dínamo de Leipsig com valores que rondam os cinco milhões de euros para a assinatura de contrato e disse que estas formações estavam disponíveis a pagar o direito de formação ao Sporting no valor de 430 mil euros.

“Decidi não transferir o Joelson Fernandes para os referidos clubes, porque acho que não é justo eu ganhar aquele valor e o Sporting Clube de Portugal não levar nada em contrapartida, por gratidão ao clube que o ajudou a chegar ao nível em que se encontra”, disse.

Aquele empresário de futebol sublinhou que estiveram durante quatro meses a negociar com a Direcção do Sporting Clube de Portugal para assinarem um acordo tendo em conta que estava a ser cobiçado de novo pelos grandes clubes europeus, inclusive o Arsenal que avançou com a proposta de 20 milhões de dólares ao SAD leonino.

“Eu tinha dois caminhos, ou assinar o contrato ou entrar em rota de colisão com o Sporting, mas não me interessa entrar em guerras com o Sporting por tudo que este clube fez por mim e para o meu filho”, explicou.

Dans la même catégorie