MAP Nigeria : Au moins 110 civils tués dans une attaque terroriste MAP Football : Décès de l’ancien international sénégalais Bouba Diop à l’âge de 42 ans APS FOOTBALL : LA GAMBIE REMPORTE LE TOURNOI DE LA ZONE OUEST A DE L’UFOA APS DES ÉLÈVES DE SAINT-LOUIS SENSIBILISÉS SUR LES VIOLENCES BASÉES SUR LE GENRE ANP Maradi : le Chef de l’Etat lance les travaux d’aménagement et de bitumage de la route Mayahi-Tessaoua-frontière du Nigéria GNA NCCE urges political activists to eschew violence ahead of elections GNA CSOs urged to build stronger partnership to champion agro-ecology GNA Government won’t shield trouble makers during election GNA Ghana’s tourism industry advocates peaceful elections GNA Barima Kwaku Duah donates to Kyebi Presbyterian College of Education

Dia das FARP/CEMGFA promete manutenção da paz e estabilidade no país


  19 Novembre      14        Société (25426),

   

Bissau, 19 Nov 20 (ANG) – O Chefe de Estado-maior General das Forças Armadas prometeu, para o seu segundo mandato, garantir a manutenção da paz, estabilidade, reabilitação das infraestruturas militares e criação de escolas.

Biaguê Na Tam que falava nas celebrações do dia das forças armadas,  disse que a Guiné-Bissau precisa de ter jovens com espirito patriótico.

Considerou 1998 à 2012 de período negro para as forças armadas, “porque as forças armadas perderam o prestígio que tinham nesse período.

“Por isso os militares e paramilitares disseram  que os golpes de Estado se reformaram na Guiné-Bissau”, reiterou.

Para ilustrar a reforma do golpe de estado no país, Na Ntan destacou os anos 2014 à 2020 “em que os militares se concentraram no cumprimento das suas missões em respeito ao Poder Político e à Constituição”.

Acrescentou que durante este período, para além da estabilidade obtida pela ausência de sobressaltos foi restabelecida as relações de cooperação com outros países , o que possibilitou a receção de muitos apoios.

Nesse âmbito, o CEMGFA revelou ter recebido  552 bolsas da parte do Reino de Marrocos, 40 da Rússia, 28 da República Popular da China, 10 do Senegal, cinco do Brasil, quatro de  Angola, quatro de  Portugal e três   dos Estados Unidos de América.

O ministro da defesa nacional e dos antigos combatentes Sandji Fati enalteceu a iniciativa do Presidente da Republica da Guiné-Bissau em transladar os restos mortais do falecido presidente Nino Vieira do Cemitério Municipal de Bissau para o Mausoléu dos heróis nacionais, na Amura.

Para Sandji Fati  o Presidente da República quer com isso endereçar uma mensagem ao povo e as forças armadas de que chegou  o momento dos guineenses se reconciliarem, “porque nenhum povo no muindo  conseguiu desenvolver-se em  conflito permanente e contradição.

No âmbito das  celebrações dos 56 anos da existência das forças armadas, seis  tenentes coronéis foram promovidos a Coronéis e 18 Majores para Tenente Coronéis.

Dans la même catégorie