GNA How Samuel Boadu’s sacking from Hearts unfolded GNA NHIA introduces instant healthcare for aged 70 and above GNA Grammy Awards CEO pledges support to the Kwadaso Creative Arts SHS GNA Non payment of Mobile money loans could affect borrowers GNA Ghana establishes fertilizer platform GNA LPG Price build-up under review – Deputy Energy Minister GNA Trade between Ghana and China hits US$9.57billion MAP Rabat : Le DG de l’ONEE s’entretient avec une délégation de la BAD MAP Attaque du convoi humanitaire dans le Nord du Burkina: Le gouvernement évoque «des complicités malheureuses» MAP Amical: la sélection marocaine de Beach-soccer bat le club sénégalais de Yoff (5-3)

Eleições/Primeiro-ministro reafirma « empenhamento total » para que legislativas ocorram em dezembro


  17 Août      9        Politique (20818),

   

Bissau,17 ago 22(ANG) – O primeiro-ministro Nuno Nabiam reafirmou terça-feira o « empenhamento total do Governo » para que as eleições legislativas antecipadas tenham lugar em 18 de dezembro, mesmo perante « muitas dificuldades ».

Nabiam deu estas indicações à margem de visitas que realizou às sedes da Comissão Nacional de Eleições (CNE) e do Gabinete Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral (GTAPE), instituições em que disse constatar « grandes constrangimentos ».

O primeiro-ministro afirmou ter constatado que tanto a CNE como o GTAPE « estão a funcionar em instalações sem condições ». Nuno Nabiam defendeu que a solução passa por construir de raiz as instalações para as duas instituições, diligência que o seu Governo vai iniciar.

Nuno Nabiam garantiu que todo o seu Governo está empenhado para que a data de 18 de dezembro não falhe e que o próprio Presidente da República, Umaro Sissco Embalo, assim tem exigido ultimamente.

O chefe do Governo guineense reconheceu dificuldades do país em arranjar o dinheiro para custear o processo eleitoral no seu todo, anunciou que na próxima reunião do Conselho de Ministros, ainda esta semana, será aprovado o orçamento para o ato, mas afirmou que o executivo já está a avançar com alguma verba.

O dinheiro, declarou Nabiam, foi mobilizado no âmbito do Imposto da Democracia.

Com essa verba, que o primeiro-ministro não especificou, foi possível comprar impressoras a serem utilizadas para o recenseamento de potenciais eleitorais, disse.

Nuno Nabiam revelou que o país espera receber apoios de outros parceiros, nomeadamente de Timor-Leste.

« Há constrangimentos é verdade, mas estamos mobilizados, porque é um desafio nacional realizar eleições na data marcada », sublinhou Nabiam.

Dans la même catégorie