ANP Elections générales 2020-2021 : L’ordre de passage des partis politiques dans les medias est désormais connu ACI Congo : Adoption d’une feuille de route pour l’accélération de l’opérationnalisation du Fonds Bleu ACI Congo : 13 milliards de Fcfa mobilisés pour lutter contre les érosions à Nkayi et à Owando ANG Nova nova orgânica do Governo que introduz a figura de vice-primeiro-ministro ANG Cooperação/Administrador da empresa CETIS encontra-se em Bissau por uma visita de trabalho de dois dias. ANG Ensino/Conaiguib exige início das aulas na Universidade Amílcar Cabral e Liceu Atadamum GNA Komfuefu community gets CHPS Compound GNA KOICA supports farmer cooperatives with warehouses GNA Healthcare services’ improves significantly under NPP in Volta – Letsa GNA Investing in girls’ education will be my focus-LPG Candidate

Energia: Quatro famílias de São Martinho beneficiam do projecto sistema de energia solar


  4 Novembre      10        Environnement/Eaux/Forêts (2283),

   

Cidade da Praia, 04 Nov (Inforpress) – Quatro famílias da localidade de Calheta de São Martinho beneficiaram do projecto sistema de energia solar, financiado pelo programa do GEF SGP/PNUD, em 23 mil dólares, no âmbito da iniciativa de acesso a energia às famílias vulneráveis.

Em declarações aos jornalistas, o coordenador do GEF SGP do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Ricardo Monteiro, explicou que o projecto foi implementado em parceria com a Câmara Municipal de Ribeira Grande de Santiago e a Associação Cultural, Recreativa e Educativa de Santana (ACRES).

“Hoje estivemos no terreno a verificar como é que o projecto foi implementado, e a direcção nacional de energia esteve cá a ultimar e corrigir pequenos ajustes, mas dentro de quatro semanas teremos um sistema funcional que vai permitir as famílias ter acesso a energia”, referiu o coordenador, que afirmou que os beneficiários terão kits de energia de 1.8kws de potência.

Ricardo Monteiro disse que, tendo em conta que há necessidade de outras comunidades serem contempladas com este tipo de projecto, o mesmo poderá ser implementado em outras localidades, estando já disponíveis verbas para o PNUD continuar a apoiar em todas as ilhas.

“Para além do financiamento desses projectos, temos feito também o acompanhamento seguimento e avaliação das iniciativas de forma a ficarmos mais perto dessas comunidades, sempre em parceria com as autarquias e com o suporte técnico da direcção geral de energia”, apontou.

Por outro lado, Zenaida Gonçalves, uma das beneficiadas, que manifestou a sua satisfação, agradeceu aos financiadores do projecto sistema de energia solar e considerou que a mesma vai trazer “muitos benefícios” para pequena comunidade piscatória de Calheta de São Martinho.

Segundo disse, hoje as crianças podem acompanhar e ter aulas através de televisão, podem carregar os telemóveis, terem acesso a redes sociais e permitir às mulheres chefes de famílias terem algum rendimento.

Por seu turno, a presidente da Associação Cultural, Recreativa e Educativa de Santana (ACRES), Leinilda Pereira, adiantou que no decorrer na implementação do projecto as famílias virão as suas moradias reabilitadas, iniciativa que contou com o apoio e parceria da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago.

Considerou que o projecto permitiu “melhoria nas habitações, acesso a energia, mais segurança nas moradias, maior qualidade de vida e um rendimento extra no seio familiar”, mediante a utilização dessa energia para a promoção de empreendedorismo local.

AV/AA

Dans la même catégorie