MAP Dialogue interlibyen : la Ligue arabe salue les accords auxquels sont parvenues les parties libyennes au Maroc GNA J. J. Rawlings, The Tribute: The tenderness in his toughness GNA COVID-19: Churches in Akatsi South mainstream safety protocols GNA CSIR College of Science and Technology matriculates fresh students GNA EC denies votes padding allegation in Election Petition case MAP La situation à Guerguarate est calme, le trafic routier entre le Maroc et la Mauritanie « n’est aucunement perturbé » (Sources autorisées) AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Campagne Anacarde : les producteurs sensibilisés sur le système de récépissé de l’ARRE AIP Côte d’Ivoire/ « Assohou Bâtiment et Industrie » vainqueur des opens de natation du Leboutou APS THIÈS : LE CONSEIL DÉPARTEMENTAL PRÉPARE UN ’’DEUXIÈME ASSAUT’’ CONTRE LE COVID-19 (VICE-PRÉSIDENT) GNA Primary Care Provider Network initiative launched in Hohoe

Escola Secundária Regina homenageia os músicos Totinho e Victor


  31 Décembre      23        Arts & Cultures (1401),

   

Cidade da Praia, 31 Dez. (Inforpress) – A Escola Secundária Regina Silva, em parceria com o agrupamento musical Ferro Gaita e outros parceiros de Achadinha, homenageia hoje o saxofonista Totinho e o baterista Victor, em reconhecimento do contributo dado na divulgação da cultura cabo-verdiana.
Esta homenagem surge na sequência dos já feitos ao agrupamento Ferro Gaita, ao músico Bitori Nha Bibinha e ao saxofonista Chala, sendo que desta vez a escola decidiu homenagear Totinho e Victor, considerados grandes músicos em todo Cabo Verde, residentes no bairro da Achadinha.
O director da Escola Secundária Regina Silva, João Evangelista Andrade, explica que esse projecto de homenagear os músicos da localidade de Achadinha surgiu através da candidatura da escola no concurso “Selo de Qualidade em Educação”, em 2018, que exigia com que a escola elaborasse um projecto com várias actividades.
“Dentro dessas actividades constava a criação de uma escola de música em Achadinha. Então começamos a procurar parceiros, e encontramos o grupo Ferro Gaita que é um grupo nativo de Achadinha. A partir daí, começamos o contacto para criar o grupo de música e também homenagear os músicos do bairro”, explicou, salientando ainda que assim poderão incluir esses músicos na criação da escola.
João Evangelista Andrade disse que primeiramente foi feita a homenagem ao próprio parceiro, o grupo Ferro Gaita, e através do mesmo começaram a contactar outros músicos para serem homenageados e, assim, ter mais parceria.
O director concluiu garantindo que ainda vão surgir mais nomes para serem homenageados e mais parceiros para financiar as pinturas em muro, em homenagem à escola.
Já o músico homenageado Victor, mostra-se muito surpreso e afirma que não estava à espera desse reconhecimento, visto que aos 40nanos de carreira esta é a primeira vez que está a ser laureado.
“O governo tem de focar nas crianças, jovens e adolescentes para lhes ensinar a nossa música e cultura da nossa terra, pois estamos a perder os nossos artistas pouco a pouco, eu estou disponível, quero ensinar”, apelou.
Para Victor, Cabo Verde está a precisar de mais cantores e músicos para não deixar a cultura morrer.
Por sua vez, o também homenageado Totinho afirma estar feliz por ser agraciado no bairro que o viu nascer e crescer, agradecendo a Deus por tudo e promete ensinar tudo que sabe para os mais jovens.
“Essa homenagem é uma gratificação e vale muito, mais do que o dinheiro”, afirmou.
As pinturas que foram pintadas na parte posterior da Escola Regina Silva, que são os retratos dos músicos homenageados, foram elaboradas pelos artistas plásticos Hélder Cardoso e Joaquim Semedo.

Dans la même catégorie