AIP Lancement des activités d’une ONG pour la promotion de la vie saine AIP Don de kits scolaires et de médicaments à des élèves d’Aboisso AIP Des populations sensibilisées à l’utilisation des contraceptifs AIP Le RHDP offre du matériel roulant pour renforcer la mobilité de la coordination régionale du N’zi AIP Visite d’État: Le ministre de l’Hydraulique inaugure le château d’ eau de Zorofla AIP La cohésion sociale et la sensibilisation contre le COVID 19 au centre du Festival « Adayé Kessiè » à Tabagne AIP Une unité de transformation de manioc construite bientôt à Grand-Morié AIP Dix-sept véhicules neufs pour les transporteurs de Divo AIP La jeunesse et la chefferie traditionnelle du Gontougo en mission pour une élection présidentielle apaisée AIP Une exposition tournante pour promouvoir la lecture du coran et livres islamiques à Abengourou

Estudo de sero-prevalência estima que 0,4% de pessoas tiveram contacto com o vírus da covid-19


  30 Juillet      6        Santé (7465),

   

Cidade da Praia, 30 Jul (Inforpress) – O estudo de sero-prevalência divulgado hoje mostra hoje que 0,4% dos inqueridos tiveram contacto com o vírus da covid-19, confirmou a presidente do INSP, Maria da Luz Mendonça, realçando que os dados alertam para a necessidade do reforço as medidas preventivas.
A apresentação do estudo foi feita esta quarta-feira, na cidade da Praia, pela presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP), que avançou que o objectivo foi o de analisar a sero-prevalência e o perfil da infecção pelo SARS-COV-2 na população cabo-verdiana.
Segundo esta responsável, o estudo abrangeu cerca de 5.000 pessoas, dos 10 as 80 anos, em todas as ilhas do país, sendo 11 % residentes no concelho da Praia e 7% em São Vivente, acrescentando que dos inqueridos, 21 pessoas, ou seja 0,4%, testaram positivos para o teste rápido para a detecção de anticorpos.
De acordo a presidente, dos casos positivos, 86% são do sexo feminino e 97 % da população inquirida referiu manter o distanciamento social, sendo que apenas 58% referiram manter o distanciamento social sempre ou várias vezes.
Os dados da sero-prevalência, de acordo com Maria da Luz Lima, apesar de terem uma baixa percentagem, aconselha a implementação de medidas preventivas rigorosas para evitar o aumento do número de casos positivos da covid-19.
“Realmente, existe uma grande susceptibilidade da população cabo-verdiana e que é fundamental a implementação de medidas preventivas, porque a taxa de sero prevalência é muito baixa e, estando nesta fase de epidemia com a sero prevalência baixinha, isso implica que ainda há muita população que poderá vir a ser infectada”, referiu, reiterando que se não forem implementadas medidas preventivas rigorosas, Cabo Verde terá mais casos.
Por seu turno, o ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, afirmou que esse estudo dá uma noção clara sobre a epidemia e indica que a covid-19 pode demorar muito tempo em Cabo Verde.
“ (…) O número de pessoas susceptíveis com a possibilidade de apanhar o vírus é grande, até porque a epidemia é recente, portanto, o número de susceptíveis é enorme. Significa que não temos ainda a imunidade de rebanho, o que permitiria prever o declínio da epidemia e significa que esta pandemia é uma pandemia que pode durar ainda por muito tempo”, declarou.
Destacou, por outro lado, o facto da população cabo-verdiana a nível nacional estar paulatinamente a consciencializar sobre a situação da epidemia e a alterar o seu comportamento no combate a covid-19.
O Ministério da Saúde anunciou esta terça-feira 26 novos casos positivos do novo coronavírus, num universo de 298 amostras testadas nos laboratórios de virologia da Praia a São Vicente, pelo que o País passa a contabilizar de 2.354 casos acumulados.
Segundo os dados do Ministério da Saúde, Cabo Verde regista neste momento 1.666 casos recuperados, 714 casos activos, 22 óbitos e dois doentes transferidos, perfazendo um total de 2.354 casos positivos acumulados.
Os 2.328 casos confirmados no País estão distribuídos pelas de Santiago com 1.799 (76,4%), Sal 435 (18,5%), Boa Vista 57 (2,45%), São Vicente 13 (0,55%), São Nicolau 44 (1,87%), Santo Antão 04 (0,17%) e Maio 02 (0,1%).
A pandemia de covid-19 já provocou mais de 645 mil mortos e infectou mais de 16 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.
A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Dans la même catégorie