AIP La Côte d’Ivoire, la RCA et le Burkina Faso peaufinent le démarrage des activités du projet MACOWECA AIP Les cours ont effectivement repris ce lundi à Tengrela AIP Des universitaires nationaux planchent sur un plan stratégique d’orientation pour l’élaboration d’un contrat de performance Inforpress Futebol/Santiago Sul: Celtic e Académica disputam esta quarta-feira a final da Taça Praia Inforpress Cabo Verde acolhe em Novembro o 41º Fórum Mundial dos Parlamentares para a Acção Global Inforpress Juventude em Marcha/35 anos: Líder enaltece papel do grupo na afirmação do teatro cabo-verdiano a nível internacional GNA GRA Fails to Meet Revenue Targets for 2018 GNA Chiringa wins Inter-Platoon RCC59 Boxing competition GNA Participate in the decision-making process, NCCE urges youth APS POUR LA PROMOTION DE LA QUALITÉ DANS LES INVESTISSEMENTS AGRICOLES

Execução Orçamental: Cabo verde consegue aumentar receitas fechando janeiro com saldo global positivo


  5 Mars      32        Finance (3737),

   

Praia, 05 Mar (Inforpress) – Cabo Verde registou no mês de Janeiro de 2018 um saldo global positivo em 373,6 milhões, tendo registado um superavit de 0,2% do PIB projectado para ano e uma variação de -0,2 (menos dois) pontos percentuais (p.p.) face aos mesmo período de 2017.

De acordo com os dados provisórios divulgados pelo Ministério das Finanças sob a forma de síntese da execução orçamental, esse comportamento positivo resultou do acréscimo das receitas totais em 0,6% (+18,7 milhões de escudos), do aumento das despesas totais (investimento e funcionamento) em 11% correspondente (+297,7 milhões de escudos) e do aumento dos activos não financeiros em 217,9% (+91,2 milhões de escudos).

De acordo com o documento publicado no site do Ministério das Finanças, as receitas atingiram durante o mês de Janeiro 3.420,5 milhões de escudos com um aumento de 0,6% face ao período homólogo.

O governo realça que essa performance resultou da conjugação do decréscimo dos impostos directos onde se enquadram o IRPS e IRPC (-4,9%), do aumento dos impostos indirectos (+5,9%) e da diminuição dos donativos (-99,8%), registados até 31 de Janeiro de 2018.

Só em sede de Impostos sobre Rendimentos das Pessoas Singulares (IRPS) foram arrecadados um total de 604,5 milhões de escudos, entretanto inferior em 55,6 milhões de escudos (-8,4%).

MJB/FP

Dans la même catégorie