AIP Côte d’Ivoire-AIP/La CEI fait des propositions pour améliorer les l’organisation des élections à venir GNA ENRRI-EfD Ghana initiates discussion on plastic waste management in Ghana GNA Social President CLOGSAG MAP Journée mondiale du climat: Débat mardi sur les changements climatiques au Maroc MAP Bulletin quotidien d’informations économiques africaines MAP Revue de la presse quotidienne internationale africaine (RPQI-Afrique) APS CORONAVIRUS : LA TENDANCE À LA HAUSSE SE POURSUIT AVEC 100 NOUVELLES CONTAMINATIONS AGP Gabon/Plan d’urgence 2020: Le Directeur général de la SEEG fait le point des chantiers dans le Haut-Ogooué AGP Gabon : Ali Bongo Ondimba reçoit les Lettres de créance de six nouveaux ambassadeurs AIP Côte d’Ivoire-AIP/Un sociologue recommande la création de fonds pour la prise en charge des survivantes des VBG

FAO destaca importância do projecto Reeflor-CV na recuperação e tratamento das florestas nacionais


  18 Novembre      4        Société (25585),

   

Cidade da Praia, 18 Nov (Inforpress) – A representante da FAO em Cabo Verde, Ana Laura Touza, destacou a importância da implementação do projecto Reforço da capacidade de adaptação e resiliência no sector florestal em Cabo Verde (Reeflor-CV), na recuperação e tratamento florestal nacional.
Ana Laura Touza fez estas declarações à imprensa, terça-feira, em jeito de balanço da IV Reunião do Comité de Pilotagem do Projecto Reeflor-CV, para a apresentação das actividades desenvolvidas e dos resultados relativos ao plano de trabalho e orçamento 2019/2020, realizada hoje na Cidade da Praia.
Conforme avançou, do encontro ficou estabelecido a necessidade de acelerar a sua execução, apesar das limitações que o país apresenta, maximizar a implementação, e, atestou o compromisso do Ministério da Agricultura e Ambiente em alcançar bons resultados, assim como o engajamento da União Europeia, principal financiador do projecto.
A responsável assinalou que o projecto visa reforçar o tratamento e a recuperação das áreas florestais nas ilhas, como também delinear como e onde as comunidades, juntamente com o Governo, farão a sua execução.
“É uma tendência mundial, que a comunidade que mora no perímetro da área florestal, conheça e tenha formação de como se faz a gestão da florestal, desde criança, por isso estamos incluindo o projecto nas escolas”, frisou.
O ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, avançou hoje que os três anos do projecto registaram avanços importantes, e que o mesmo está a ser executado nas ilhas do Fogo, Santiago e Boa Vista, orçado em cerca de 5,5 milhões de euros.
O projecto “Reforço da capacidade de adaptação e resiliência no sector florestal em Cabo Verde” é do Ministério da Agricultura e Ambiente, financiado pela União Europeia e executado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).
O seu principal objectivo é de aumentar a resiliência e a capacidade de adaptação para enfrentar os riscos adicionais colocados pelas mudanças climáticas na desertificação e degradação da terra em Cabo Verde.

Dans la même catégorie