AGP Le SEENA s’interroge sur l’avenir de l’éducation au Gabon AGP «Il n’y a aucun conflit entre le Gouvernement et les ordres religieux» (Ministre de l’Intérieur) AGP Gabon : Le Gouvernement allège le couvre-feu d’une heure AIP Côte d’Ivoire-AIP/ 44 nouveaux cas de COVID-19 et 57 guéris le 26 septembre 2020 AIP Côte d’Ivoire-AIP/ L’arrêt de la Cour africaine des droits de l’Homme est nul et de nul effet (Ouattara) AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Visite d’Etat: Le quartier Marahoué de Bouaflé accède à l’électricité ANP Niger : Le Japon fait don de matériels de secours d’urgence aux victimes d’inondations MAP Six « volontaires » antijihadistes tués au Burkina MAP Côte d’Ivoire: les appels de l’opposition à la « désobéissance civile » n’iront nulle part (Ouattara) MAP Le Président kényan ordonne au gouvernement de moderniser et de rénover neuf stades d’ici fin décembre

FFGB/Benelivio Nancassa qualifica de “maldade” a data de 30 de Setembro para realização de novo escrutínio


  1 Septembre      10        Sport (4229),

   

Bissau, 01 Set 20 (ANG) – O candidato à presidência da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB) qualificou de uma “maldade” a marcação da data de 30 de setembro para a realização de novas eleições naquela organização máxima de futebol na Guiné-Bissau por parte do Comité Executivo cessante.

Benelivio Insali Nancassa Cabral, em entrevista exclusiva à ANG, disse que os dirigentes cessantes da FFGB nunca estão interessados no desenvolvimento do futebol na Guiné-Bissau.
“Acho que a data de 30 de setembro é maldade porque segundo a nota de Federação Internacional de Futebol(FIFA), datada de 28 de Agosto, todo o processo de eleição na FFGB deve ser executado de 01 até 30 de Setembro, ou seja a nova data para o escrutínio devia ser prevista para antes”, disse.

Afirmou que na nota, a FIFA não invocou a falta de incumprimento de normas na íntegra na votação ocorrido no passado dia 8 de Agosto.

Benelívio Insali informou que a FIFA invocou o artigo 28, e disse que a Comissão Eleitoral deveria enviar-lhe uma carta formal que avisa que no dia 8 de Agosto haveria acto eleitoral que tinha falhado no dia 25 de Julho.

« Seguimos o estatuto que guia o próprio órgão, o que quer dizer que está provado aquela maioria de 25 clubes que participaram no acto eleitoral de 8 de Agosto. Mas não é isso que está em causa, o acto decorreu duma forma cívica”, disse.

Acrescentou que, dos seis candidatos restantes na corrida para a liderança da organização, restam cinco que anteriormente depositaram a candidatura com desistência de Carlos Teixeira a favor do Presidente cessante Manuel Nascimento Lopes, que veria a ser vedado pela FIFA.

Aquele ex-candidato disse que a FIFA rejeitou a data de Novembro que era a intenção
de Comité Executivo cessante tendo em conta que a eleição devia ter lugar em Junho, e diz que compreenderam a data porque também levaram em conta a restrição que vigorava no país, e que sabiam que haverá mudanças tendo em conta as sanções de Manuel Nascimento Lopes.

« Agora a única instância que pode decidir nessa situação é a FIFA ao contrário daquilo que o Comité Executivo cessante dizia de que podia realizar a eleição no passado dia 22 de Junho”, referiu.

Realçou que nestas condições, a FIFA na qualidade do árbitro deu últimato ao Comité Executivo cessante para até dia 6 do mês corrente marcar uma nova data e enviá-la uma carta formal nesse sentido.

Segundo Insali a FIFA pediu a Federação de Futebol a lista de votantes, clubes, local e directrizes para evitar as violações das regras estabelecidas pelo estatuto da organização.

Benelívio Nancassa disse estar muito preocupado com o imbróglio na FFGB, tendo em conta que no dia 05 de Outubro, a seleção nacional de futebol irá defrontar a sua congénere do Senegal, referente a terceira jornada do apuramento para o CAN 2022 ,a disputar nos Camarões.

“Seria bom marcar as eleições o mais tardar até o oito ou dez de setembro e que coincide com a data da fundação da Federação de Futebol na Guiné-Bissau, para quem ganhar tomar posse no dia 17. Contudo, uma semana e meio não chega para preparar o jogo com o Senegal”, disse.

Questionado sobre a confirmação da participação de candidato Caito Teixeira nas eleições por parte da Comissão Eleitoral, Nancassa disse que isso é brincadeira da Comissão Eleitoral e do próprio Comité Executivo cessante porque não existe nenhuma lei que diz que quando alguém desistir por um processo pode retomar no mesmo.

Disse que, pelo menos a sua candidatura não vai permitir isso, sustentando que Carlitos Teixeira desistiu a favor do Manelinho, a não ser que a FIFA anula as sanções contra Manelinho.

O Comité Executivo cessante da FFGB anunciou segunda-feira em conferencia de imprensa a data de 30 de setembro do ano em curso para a realização de novas eleições na organização conforme as exigência da Federação Internacional de Futebol(FIFA).

Dans la même catégorie