AGP Kindia : Le directeur général de l’institut de recherche Agronomique de Guinée (IRAG) effectue une visite de terrain AGP IRE-Conakry / Rentrée scolaire 2020- 2021 : Elèves et enseignants mobilisés APS POST-COVID-19 : ANTONIO GUTERRES PLAIDE LA CAUSE DES PERSONNES EN SITUATION DE HANDICAP APS UNE HAUSSE DE 13,4% SUR LE BUDGET 2021 DU MINISTÈRE DE LA JUSTICE APS BOULANGERIE : LA RÉFORME VISE À JUGULER LA CONCURRENCE DÉLOYALE (RÉGIONAL DU COMMERCE) GNA Scrap dealer supports over 9,000 NDC agents in Ashanti GNA NTP/NMCP contract workers cry over salary locked-up GNA Support parties with policies that beneficial to the people – Dada KD GNA IPEG trains 90 youth of political parties in livelihood skills GNA Stakeholders commends Warehouse Receipt System Training Programme

Fogo: Cooperação Australiana apoia clube Atlântico com 1.300 contos em materiais desportivos


  16 Novembre      4        Sport (4629),

   

Praia, 16 Nov (Inforpress) – O clube Atlântico, da localidade de Cutelo, interior de São Filipe, e que milita no segundo escalão, foi contemplado com 1.300 contos em materiais desportivos pela Cooperação Australiana.
O responsável da agremiação desportiva, Bruno Teixeira, disse que os materiais são para todas as modalidades e não apenas o futebol e que já se encontram na alfândega da Praia, tendo a direcção liquidado os custos relativos ao processo de transacção, transportes e papéis de encomenda.
A câmara de São Filipe “negou ao clube” um parecer para obtenção de declaração de utilidade pública, pelo que ainda não foi possível proceder ao levantamento dos materiais desportivos disponibilizados ao clube, segundo a mesma fonte.
Além do donativo da cooperação Australiana, o Atlântico mobilizou junto de associação alemã EKF recursos, no valor de dois mil euros (220 contos) para aquisição de materiais para a escola de iniciação desportiva, estando os materiais na loja Sena Sport, na Cidade da Praia, faltando apenas o seu levantamento e o transporte para a ilha do Fogo.
A direcção do clube já criou uma fundação, denominada de Fundação Golfinho Atlântico (FGA), já aprovado pelo Ministério da Justiça e publicado no Boletim Oficial (BO), estando o clube preparado para cooperar com mais instituições e promover mais actividades para desenvolver o futebol e as outras modalidades desportivas.
A FGA tem por objectivos contribuir para o desenvolvimento integral das populações em que está inserida nas áreas de infância, adolescência, juventude e as suas famílias, através da educação, formação e protecção das pessoas.
A organização, criação e coordenação de centros escolares, centros de formação profissional e técnico-profissional, actividades de tempos livres, campos de férias, são, de entre outros, objectivos que se pretendem com a criação da FGA.
A direcção do Atlântico vai analisar com a câmara de São Filipe os pormenores de aprovação de um lote de terreno que foi decidido numa das reuniões da câmara e assembleia, visando a construção da sua sede social na localidade de Cutelo.
No quadro da mobilização de parceiros internos e externos, a direcção do Atlântico espera receber em meados de Fevereiro de 2021 a visita de uma delegação do clube profissional do Brasil Atlhetico Paranaense e da fundação Funcamp para assinatura de um protocolo desportivo com o clube e com a fundação.
Neste momento, a direcção do Atlântico está a trabalhar um website e um estudo sobre um projecto de turismo digital entre Espanha e a ilha do Fogo, que visa orientar melhor os turistas na aquisição de informação sobre a vida turística na ilha do Fogo, que segundo Bruno Teixeira está bem encaminhado.
JR/AA
Inforpress/Fim

Dans la même catégorie