MAP L’ambassadeur Hilale saisit le SG de l’ONU et le CS sur les violations des droits de l’Homme dans les camps de Tindouf MAP Conférence de l’Institut américain «Brookings»: M. Bourita met en avant les réformes audacieuses du Maroc sous l’impulsion de SM le Roi MAP L’initiative noble de SM le Roi d’aider les pays africains en temps de pandémie, un modèle de solidarité intra-africaine (ministre kényane des AE) MAP Jusqu’à 500 millions de DH pour l’aménagement de Harhoura, une destination touristique prisée MAP Hilale démystifie auprès du SG de l’ONU et du CS la campagne hystérique de l’Algérie et du « polisario » sur la situation au Sahara MAP M. Amara plaide pour une mise en œuvre optimale du chantier de l’éducation routière MAP Rencontre à Oujda sur le droit d’accès à l’information APS LE GOUVERNEMENT INVITÉ À HÂTER LA CONCRÉTISATION D’UN PROJET DE POLYCLINIQUE DE DERNIÈRE GÉNÉRATION APS MACKY SALL VA SE FAIRE VACCINER, JEUDI (MÉDIA) APS VACCINATION : MACKY SALL PRÔNE UN ’’PLAIDOYER SOUTENU’’ ET UNE ’’MOBILISATION COMMUNAUTAIRE’’

Fogo: PM diz que Governo está a cumprir aquilo que prometeu para Chã das Caldeiras


  1 Février      16        Politique (15305),

   

São Filipe, 01 Fev. (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, considerou sábado, depois de inteirar-se do andamento dos trabalhos do projecto das redes técnicas e viárias de Chã das Caldeiras, que o seu Governo está a cumprir aquilo que prometeu para Chã.
Acompanhado das ministras das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, e da Justiça e Trabalho, o chefe do Governo disse que as obras estão a decorrer “em bom ritmo”, nomeadamente os arruamentos e calcetamento, assim como as redes de água e de electricidade que depois vão chegar às casas das pessoas.
“Todo o trabalho está sendo feito para que Chã das Caldeiras seja um ponto de referência, no Fogo e para as pessoas que vivem na ilha, para a produção e também para o turismo”, afirmou Ulisses Correia e Silva.
Fez saber que os loteamentos estão feitos e são mais de 60 lotes em Portela e Bangaeira, esperando que as novas construções sejam devidamente adaptadas e enquadradas dentro da envolvência que se quer de qualidade.
Os lotes de 220 metros quadrados estão devidamente marcados e identificados e serão disponibilizados nos próximos dias aos beneficiários, assim como três tipologias para a construção que as famílias contempladas terão de escolher.
No quadro dos arruamentos estão previstos a construção de duas ruas pedonais, uma em Portela e outra em Bangaeira, assim como praças nas duas localidades.
O primeiro-ministro indicou que depois segue a construção do centro de saúde cuja obra deverá arrancar brevemente, o complexo escolar está em construção e sua conclusão será dentro de pouco tempo, isto para além de todo o trabalho feito na rede viária.
O acesso de Piorno a Campanas de Cima está em construção e com isso o seu governo está a cumprir, no essencial, aquilo que prometeu a Chã das Caldeiras, lembrando que foi concluída a parte de acesso à água.
Tudo isso, sublinhou, fez com que a população se sinta muito mais beneficiada do que aquilo que encontrou em 2016, com uma diferença muito grande em relação à infraestruturação e à qualidade que vai permitir esta zona ser uma referência, não só para o Fogo como para Cabo Verde.
O primeiro-ministro apontou como que as redes técnicas de água e electricidade devem ficar concluídas ainda no primeiro semestre, entre Abril e Maio, e a estrada de ligação Piorno a Campanas de Cima brevemente estará concluída e vai-se a entregar a população uma Chã das Caldeiras totalmente diferente e com muito mais qualidade.
A iluminação pública, segundo o mesmo, será para fazer a sinalização dos acessos e das estradas e a poluição ambiental estará devidamente salvaguardada.
Questionado sobre a construção da adega definitiva, anunciada há mais de dois anos, Ulisses Correia e Silva salientou que a adega definitiva já devia estar com avanços significativos, mas que o Governo chegou a um acordo com os produtores de que valia a pena melhorar e fazer mais investimentos na adega que foi construída do que estar a construir uma nova adega, sublinhando que na altura própria será analisada se há a necessidade ou não de construir a adega definitiva.

Dans la même catégorie