APS JOSEPH KOTO SE VERRAIT PLUS À LA TÊTE D’UNE ÉQUIPE NATIONALE QUE D’UN CLUB APS COVID-19 : DAKAR ET THIÈS RESTENT SOUS COUVRE-FEU POUR HUIT JOURS SUPPLÉMENTAIRES APS RÉFRACTAIRE AU TRAFIC D’INFLUENCE, MARÈME FAYE SALL POUR DES SOLLICITATIONS DIRECTES APS JOSEPH KOTO : ‘’C’EST DIFFICILE DE SUIVRE LE CHAN SANS LE SÉNÉGAL’’ APS LA MAIRIE DE DIAMNIADIO ADOPTE UN BUDGET ANNUEL DE PRÈS DE 3,4 MILLIARDS DE FRANCS CFA APS DES SCIENTIFIQUES SE PENCHENT SUR LA FIABILITÉ DES VACCINS CONTRE LE COVID-19 APS DES SÉNÉGALAIS DE PROVINCES CATALANES RÉCLAMENT UN CONSULAT DE PROXIMITÉ APS ABDOULAYE DIOP : « CHEIKH NGAÏDO BÂ ÉTAIT REMARQUABLE PAR SON ÉLÉGANCE SUR TOUS LES PLANS » APS GRAINES D’ARACHIDE : PLUS DE 46.000 TONNES COLLECTÉES, SELON MODOU DIAGNE FADA AIP COVID-19: Des cas graves en réanimation et sous assistance respiratoire (Ministère)

Forças Armadas querem ser melhor equipadas e preparadas no quadro da sua modernização


  12 Janvier      17        Politique (14266),

   

Cidade da Praia, 12 Jan (Inforpress) – O Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas disse hoje que a pandemia da covid-19 veio demonstrar que a instituição castrense precisa ser melhor equipada e melhor preparada com competência mais diversificadas no quadro da sua modernização.

O major-general Anildo Graça Morais lançou este repto durante a cerimónia de cumprimentos de Ano Novo ao Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, tendo ressalvado que não obstante muitos ganhos conseguidos, “faltam os aspectos materiais e financeiros, sobretudo no que concerne à manutenção dos meios disponíveis.

A este propósito, is chamou atenção para a necessidade de melhor equipar a Guarda Costeira, evitando as restrições ao cumprimento das suas missões, tendo ao mesmo tempo sublinhado que o ano 2021 promete ser de mais trabalho e de uma caminhada árdua.

Ainda assim, Anildo Graça Mora ressalvou que as Forças Armadas estão motivadas para, de forma abnegada e patriota, vencer os desafios a enfrentar no ano em curso, e disse esperar com a “sapiência e orientação política” do comandante supremo, no cumprimento das missões que a nação confia a instituição militar, sobretudo em momentos difíceis.

Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas aproveitou a ocasião para manifestar o seu apreço a todos os militares pelo contributo ao país no momento mais necessário, tendo reconhecido, contudo, que 2020 iniciou com “excelentes ventos para as Forças Armadas, com a aprovação do novo Estatuto dos Militares que o mesmo considerou “um dos maiores ganhos vivenciados pelos militares”.

Anildo Morais fundamentou esta tese em como este instrumento trouxe ainda modernidade na gestão dos recursos humanos e lapidou alguns aspectos dos anteriores estatutos.

SR/CP

Dans la même catégorie