APS AVIGNON OFFRE UN BUS ET DEUX BENNES À DIOURBEL MAP CGEM: La Commission Afrique voit le jour GNA We believe in you » – GBA to Duke Micah GNA Former President Rawlings’ mother passes on ANG Especial 24 de Setembro/Guiné-Bissau celebra hoje 47 anos da independência AGP Gabon: Le gouvernement invité à mettre en place des programmes d’appui à la transformation de l’Agriculture AIP Côte d’Ivoire-AIP/ Visite d’Etat : Alassane Ouattara attendu vendredi à Zuénoula AIP Côte d’Ivoire-AIP/L’OIF lance des cours en ligne gratuits pour les créateurs de mode AIP Côte d’Ivoire-AIP/Visite d’Etat dans la Marahoué: le président Ouattara est arrivé à Sinfra pour son premier meeting ANG Covid-19/ Namíbia será primeiro país africano a utilizar cães na detecção da doença

Gabinete de Crise reúne-se hoje para uma possível prorrogação do estado de calamidade em Santiago e no Sal


  1 Septembre      11        Société (23012),

   

Cidade da Praia, 01 Set (Inforpress) – O Gabinete de Crise, criado no quadro do combate à pandemia da covid-19, reúne-se hoje, na Praia, para analisar a situação e, possivelmente, renovar o estado de calamidade nas ilhas de Santiago e Sal, anunciou o primeiro-ministro.
Ulisses Correia e Silva que falava à imprensa à margem da apresentação do candidato do Movimento para a Democracia (MpD-poder) às autarquias de 25 de Outubro, esta segunda-feira, 31 de Agosto, garantiu que na reunião desta terça-feira, o Gabinete de Crise vai “muito possivelmente prorrogar o estado da calamidade” nas duas referidas ilhas.
Instado sobre as linhas gerais do novo estado de calamidade, o chefe do Governo assegurou que, praticamente, irão ser mantidas todas as medidas de restrições anteriormente anunciadas, assim como o “reforço da mensagem” de que o combate à covid-19 seja ganho por todos.
Segundo o primeiro-ministro, a situação da ilha do Fogo vai ser igualmente analisada pelo Gabinete de Crise.
O último estado de calamidade vigorou durante 21 dias nas ilhas de Santiago e Sal e terminou a 30 de Agosto. Esta medida foi adoptada devido ao aumento de casos de covid-19 nas duas referidas ilhas.
Durante o período da calamidade, foram encerradas algumas instalações e proibidas actividades, designadamente recreativas, de diversão e desportivas.
No Sal, a actividade balnear vigorou das 06:00 às 10:00, mas em Santiago a população esteve proibida de frequentar o mar.
De acordo com a última actualização do Ministério da Saúde, Cabo Verde contabiliza 3.884 casos positivos acumulados, sendo 2.916 recuperados, 40 óbitos e dois doentes transferidos.
A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 843 mil mortos e infectou mais de 25 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Dans la même catégorie